Apoie o Blog!

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

The new disciples of thirteenth generation (Os novos discípulos de Décima Terceira Geração)

Caminhando com Si Fu pelo estacionamento do Barra Shopping, compartilhava com ele algumas dúvidas à respeito de convidar pessoas para realizar a Cerimônia de Discipulado "Baai Si". Ao longos das décadas, o vi realizando esse convite às mais diversas pessoas, e nem sempre pude compreender o que estava por detrás de um determinado convite. Já em outra oportunidade, levando ele de carro para algum local do qual não me recordo, refiz uma pergunta que a cada seis meses eu fazia: "O senhor já se arrependeu de algum convite?" - Diferente de todas as outras vezes, nesta em particular, sem entrar em muitos detalhes ele respondeu. 
Quando conversa comigo, Si Fu percebe como que a cada semana por vias mais elaboradas(outras vezes nem tanto), eu tento fazer com que ele me entregue um "Modelo" das coisas. Percebendo isso antes mesmo que eu comece a falar, ele sempre devolve uma reflexão para mim a respeito do tema que eu mesmo levei. É como se eu chegasse com uma dúvida, e voltasse com uma questão para refletir, só que bem mais elaborada e desenvolvida do que quando cheguei. 


Walking with Si Fu through the Barra Shopping Mall parking lot, I shared with him some doubts about inviting people for the "Baai Si" (Discipleship Ceremony). Over the decades, I saw him making this invitation to the most diverse people, and I could not always understand what was behind a particular invitation. On another occasion, taking him by car somewhere I don't remember, I asked a question that I asked every six months, "Have you ever regretted an invitation?" "Unlike every other time, this particular one, without going into too much detail, he answered.
When he talks to me, Si Fu realizes that every week in more elaborate ways (sometimes not so much), I try to get him to give me a "Model" of things. Realizing this even before I even begin to speak, he always returns a reflection to me about the subject I have brought myself. It is as if I come in with a doubt, and come back with a question to reflect on, but much more elaborate and developed than when I arrived.
Foi então que após amadurecer mais a ideia, resolvi formalizar o convite para Baai Si de três novas pessoas. A primeira delas, foi a Veronica Paiva(Foto), que é uma To Dai muito querida que foi admitida na Família Kung Fu a bem pouco tempo, mas com um jeito muito especial, se tornou uma pessoa muito próxima ao longo desse ano. Veronica tem o sonho das artes marciais, assim como eu, desde muito jovem sendo também uma cinéfila. Porém, foi só nesse momento de sua vida, que iniciou formalmente sua prática do Sistema Ving Tsun. Para mim, foi o momento certo! Como eu sei? Porque estamos fazendo com que seja o "momento certo"!

It was then that after further maturing the idea, I decided to formalize the invitation to Baai Si for three new people. The first of these was Veronica Paiva (Photo), who is a very dear To Dai who was admitted to the Kung Fu Family very recently, but in a very special way, became a very close and very dear person throughout that time. Veronica has a dream of martial arts, just like me, from a young age also being a movie buff. However, it was only at this point in her life that she formally began her practice of the Ving Tsun System. For me, it was the right time! How I know? Because we are making it the "right time"!
Hoje o "Processo Discipular" no Clã Moy Jo Lei Ou, conta com cinco etapas distintas. Graças à essa visão amadurecida de Si Fu, particionando esse momento em cinco diferentes etapas, possibilitou não só que algo tão especial fosse prolongado, permitindo com que o candidato pudesse realizar melhor a experiência ao longo desse processo, como também graças à outros ajustes como a tomada de consciência à respeito dos diferentes graus relacionais que um praticante experimenta desde que pisa num Núcleo a primeira vez. Ficou mais fácil para um Si Fu em início de jornada como eu, visualizar esses momentos de transição entre um grau e outro.

Today the "Discipleship Process" in the Moy Jo Lei Ou Clan has five distinct stages. Thanks to this mature view of Si Fu, partitioning this moment into five different stages not only made it possible for something so special to be extended, allowing the candidate to be able to perform the experiment better throughout this process, but also through other adjustments such as awareness about the different relational degrees a practitioner experiences since stepping into a MYVT School for the first time. It has become easier for an early-stage Si Fu like me to visualize these transitional moments from one relational degree to another.
Quando Wellington Souza(Foto usando óculos) foi convidado dois dias depois, estávamos no mesmo restaurante. Esse é o nosso local preferido para jantarmos ao longo da semana, e fica na mesma rua do Mo Gun. O gerente e os garçons já nos conhecem e nos sentimos em casa.
Você pode me ver com a camisa do Fluminense, mas eu sou flamenguista. Acontece que havia ganhado essa camisa de presente da Veronica e resolvi usar durante o convite de Wellington que também é seu marido. Meu Si Fu que é torcedor deste time disse: "...Legal! Fez bem! Mostra que a relação está acima de seus interesses pessoais...".

When Wellington Souza (Photo wearing glasses) was invited two days later, we were in the same restaurant. This is our favorite place to dine throughout the week, and is just down the street from Mo Gun. The manager and the waiters already know us and we feel at home.
You can see me with the Fluminense soccer team jersey, but I'm Flamengo(red and black). It turns out that I had won this gift Jersey from Veronica and decided to wear during the invitation of Wellington who is also her husband. My Si Fu who is a fan of this soccer team said: "... Cool! You did well! It shows that the relationship is above your personal interests like your soccer team ...".

Wellington que aparece de preto ao fundo, foi convidado formalmente dois dias depois de Veronica. Enquanto refletia à respeito de realizar esse convite e conversava com Si Fu para saber suas impressões. Também me lembrei das vezes que Si Fu falava que havia convidado alguém, fosse para ser admitido na Família, fosse para realizar o "Baai Si", para legitimar uma relação que já existia.

Wellington, who appears in the background in black, was formally invited two days after Veronica. While pondering about making this invitation and talking to Si Fu to know his impressions. I also remembered the times when Si Fu said that he had invited someone, either to be admitted to the Family, or to do the  "Baai Si", to legitimize a relationship that already existed.
(Si Gung durante Visita Oficial em 2012 à Família Moy Jo Lei Ou)
(Si Gung during his annual visit to the Moy Jo Lei Ou Family,2012)

Muitos anos atrás, perguntei ao Si Gung em alguma carona que dei pra ele, sobre o que achava sobre um Si Fu ter duas profissões. Teria dito ele, que não importava, contanto que esse Si Fu tivesse tempo para seus To Dai. Disse ele: "Sou profissional a mais de vinte anos, mas se um discípulo por alguma razão excepcional só tiver as  23h de uma Sexta, eu estarei lá."  - Àquela fala me impactou na época, e acredito que com seu exemplo e o exemplo de meu Si Fu de pessoas que se entregam 110% à relação, existe uma propensão muito especial dos membros do Núcleo Méier se reconhecerem como descendentes da Linhagem Moy Yat.

Many years ago, I asked Si Gung on a ride I gave him, what he thought about a Si Fu having two professions. He would have told me, it didn't matter, as long as this Si Fu had time for his To Dai. He said, "I have been a professional for over twenty years, but if a disciple for some exceptional reason is only at 11 pm on a Friday, I will be there." - That speech impacted me at the time, and I believe that with his example and the example of my Si Fu of people who give 110% to the relationship, there is a very special propensity for members of the Méier School to recognize themselves as descendants of the Moy Yat Lineage.
Por fim, no último Sábado foi realizado o convite de Thalles Cunha(foto de azul). Thalles conheceu o Ving Tsun através de meu discípulo Keith Markus(foto de preto à esquerda), na época em que serviam juntos no mesmo quartel na Zona Sul do Rio. Thalles participou de um seminário para membros do Corpo de Bombeiros em Novembro de 2017, e dos vinte participantes, foi o único que se matriculou.
Atualmente, prestes a ser pai pela primeira vez, resolveu estabelecer um outro vínculo vitalício: O "Baai Si".

Finally, last Saturday was the invitation of Thalles Cunha (photo in blue). Thalles met Ving Tsun through my disciple Keith Markus (photo in black on the left), while serving together in the same Fire Station  in the South Zone of Rio. Thalles attended a Fire Brigade members seminar in November 2017, and of the twenty participants, it was the only one who enrolled.
Now about to be a father for the first time, he has decided to establish another lifelong bond: "Baai Si".
Si Fu sempre me chamou à atenção, dizendo que meu foco não deveria ser o Núcleo e suas contas a pagar. Dizia ele que o foco sempre deve ser a Família Kung Fu. - "Você ainda mistura muito Núcleo e Família..." - Disse Si Fu em mais de uma oportunidade. E ao me dedicar a separar melhor isso em minha cabeça, posso ver um progresso bem maior. Junto disso, Si Fu me chamou também a atenção sobre outro aspecto enquanto viajávamos de Uber: "Você continua 'lutando pelo prato de comida'. Esse pensamento de escassez vai prejudicar sua Família Kung Fu.". - Àquela fala ficou ressoando em minha cabeça, e foi na "Live" da semana passada do canal "Kung Fu Life" que ouvi Si Gung dizer para a audiência: "Um homem de verdade, faz mais do que pagar contas." 
Então, acho que foi quando decidi "fazer mais do que pagar contas e lutar pelo prato de comida", que a prosperidade nos alcançou.
O Si Fu sempre está certo. 

Si Fu has always caught my attention, saying that my focus should not be on the School matters and its accounts payable. He said the focus should always be on the Kung Fu Family. - "You still mix a lot of School and Family ..." - Said Si Fu on more than one opportunity. And as I dedicate myself to better sort this out in my head, I can see much greater progress. Along with that, Si Fu also caught my eye on another aspect as we traveled from Uber: "You keep 'fighting over the plate of food.' That thought of scarcity will pass down to your Kung Fu Family." - That talk was ringing in my head, and it was last week's "Live" on Kung Fu Life Channel that I heard Si Gung say to the audience, "A real man does more than pay bills."
So I think it was when I decided to "do more than pay bills and fight for the plate of food" that prosperity came to us.
Si Fu is always right.


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com