Apoie o Blog!

quarta-feira, 19 de junho de 2019

WHAT I LEARNED FROM THE FIRST PART OF "BIU JI"(O que aprendi da 1º parte do Biu Ji)

(Si Suk André e eu em pratica de Chi Sau em 2004 na praia da Barra)
(Si Suk Andre and I during a "Chi Sau" practice at the beach in 2004)


Eu acho que você não pode fazer tudo sozinho e você não precisa apenas de boas pessoas ao seu redor, mas também, você tem que ter sorte.
Durante a minha "jornada" até este ponto nos Círculos de Artes Marciais (Mo Lam), conheci algumas pessoas muito especiais que me apoiaram muito! Um deles, claro, foi o meu querido Si Suk Andre Cardoso (Foto).
Ele era um cara engraçado e gentil. Ele poderia fazer você gostar dele sem nenhum esforço. Eu não sei explicar como.Ele também foi quem me apresentou ao Domínio "Biu Ji" a pedido de Si Fu.

I think that you can not do everything by yourself and you do not only need good people around you, but also, you have to be lucky.
During my "long run" untill this point in Martial Arts Circles (Mo Lam), I met some very special people who supported me a lot! One of them, of course was my dear Si Suk Andre Cardoso(Photo).
He was a funny and gentle guy. He could make you like him without any effort. I can not explain how.
He was also the one who introduced me to "Biu Ji" level by Si Fu´s request.


(Si Suk Andre era tão habilidoso, que eu não tinha a menor chance)
(Si Suk Andre was so skilled, I could even had a stand)



Então você pode ver apenas dois de nós lá, na sala de treinamento do antigo Núcleo Jacarepaguá! Meu amigo, esses foram os velhos tempos!Os primeiros anos da década de 2000!
Eu estava pegando fogo, esperando para aprender o "Biu Ji". Eu tinha 17 anos e também sonhava. Eu gostava do Si Suk Andre porque eu pensei que ele era um artista marcial muito habilidoso. Ele, por outro lado, diria: "Eu sempre me considerei uma pessoa mediana no que diz respeito a aprender as técnicas do Ving Tsun, nunca me considerei um cara com grandes habilidades. Eu confesso a você que apesar de me dedicar ao treinamento, eu não gostava muito de treinar, gostei mais do contato com a Família Kung Fu. "

So you could see only two of us there, at the practice room of the former MYVT Jacarepagua School! My friend, that was the wild old days: The early´s 2000´s!
I was on fire, waiting to learn the "Biu Ji". I was 17 years old and also a dreamer. I looked up to Si Suk Andre because I tought he was a very skilled martial artist. He, on ther hand, would say: "I always thought myself as an average person with regard to learning the techniques of Ving Tsun, never considered myself a guy with great abilities I will confess to you that despite dedicate myself to training, I did not  like much to train, I liked more the contact with the Kung Fu Family. "


(Si Suk André, Si Suk Ursula e eu durante seminário dado por meu Si Fu)
(Si Suk André, Si Suk Ursula and I during a lecture by my Si Fu)



Quando vi Si Suk Andre fazendo a primeira parte da sequência do "Biu Ji", fiquei emocionado! Eu pensei que "Biu Ji" se encaixaria perfeitamente na minha natureza, porque eu pensei que "Biu Ji" não era apenas dinâmico, mas principalmente "explosivo"!
Si Suk André depois me disse algo que eu nunca esquecerei: "Thiago, quando se trata de 'Biu Ji', você sempre tem que lembrar: sem desculpas permitidas, sem desperdício de tempo permitido e você terá que fazer o que for necessário com o que você tem no momento ". - Essas foram palavras selvagens e fortes para mim, de alguém que eu respeito muito.

When I saw Si Suk Andre doing the first part of the "Biu Ji" form, I was thrilled! I tought "Biu Ji" would perfectly fit my nature, because I tought "Biu Ji" was not just dinamic, but mainly "Explosive"!
Si Suk André after that told me something that I would never forget: "Thiago, when its about 'Biu Ji', you always have to remember: No excuses allowed, no wasting of time allowed and you will have to do what is necessary with what you have at the very moment.". - Those were wild and strong words for me, from someone I respect a lot.


(Fazendo o "Biu ji" diante de Si Taai Po Helen Moy. Si Fu me observa em 2007)
(Doing the "Biu Ji" in front of Si Taai Po Helen Moy. Si Fu watches me. 2007)

Com o passar dos anos, percebi que na minha fantasia, eu pensava que a natureza do "Biu Ji" era a mesma que a minha. Na verdade eu não era uma pessoa "explosiva", era apenas uma questão de não ser capaz de antecipar novos ciclos, então eu improvisava todas as vezes em minha vida, porque sempre me via em uma situação emergencial no final das contas. E aí... Eu me protegia explodindo.

As the years passed by, I realized that in my fantasy, I tought the nature of "Biu Ji" was the same as mine. In fact I was not an "Explosive" person, it was only a matter of not being able to antecipate new cicles, so I had to be improvising every time, because I always found myself in a emergencial situation. And I would protect myself exlpoding
(2018: Os dois primeiros membros da Família Moy Fat lei a acessarem o Biu Ji)
(2018: The first two members of my Kung Fu Family to access Biu Ji)

Depois de tantos anos desde que vi Si Suk Andre Cardoso fazendo a primeira parte do "Biu Ji", me vi fazendo o mesmo por dois dos meus discípulos. Foi um ano implacável para mim, mas aquele momento me deixou muito emocionado quando me lembrei de Si Suk Andre. Toda vez que ouço alguém falar sobre a primeira parte do "Biu Ji", lembro dele.
Então, naquela noite, só com os meus dois discípulos, eu disse algo que veio do meu coração! Eram as palavras de Si Suk Andre: "Vocês dois, prestem atenção: quando se trata de 'Biu Ji', vocês sempre tem que lembrar: Sem desculpas permitidas, nenhum desperdício de tempo é permitido e vocês terão que fazer o que for necessário com o que vocês tiverem no momento. "

After so many years since I watched Si Suk Andre Cardoso doing the first part of the "Biu Ji", I saw myself doing the same for two of my disciples. Was a ruthless year for me, but that moment make me very emotional when I remembered Si Suk Andre. Everytime I heard someone talk about the first part of "Biu Ji", I remember him.
So, in that night, only with my two disciples, I said brought from my heart the words of Si Suk Andre: "You two, pay attention: when its about 'Biu Ji', you always have to remember: No excuses allowed, no wasting of time allowed and you will have to do what is necessary with what you have at the very moment."
(Si Fu me fala a respeito da primeira parte do Biu Ji na praia)
(Si Fu explains me about the first part of the Biu Ji at the beach)

Então, você pode perguntar sobre o que é tudo isso: Você vê, o que eu recebi da experiência da primeira parte do "Biu Ji". É um espírito de nunca escolher desculpas em primeiro lugar. Além disso, nunca desperdiçar o tempo da minha vida. E o  mais importante de tudo: fazer o que for necessário com tudo o que eu tenho no momento da chamada para a ação!

So, you may ask whats is all about: You see, what I got from the experience from the first part of the "Biu Ji" form. Is a spirit of never choose excuses in the first place, never wast the time of my life and most important of all: Do whatever is needed with whatever I have in the very moment of the call for action.

The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@Gmail.com