Apoie o Blog!

terça-feira, 26 de março de 2019

THE KUNG FU AND THE VIDEO-GAMES

(Com Si Fu em seu aniversário de 2018) 
(With Si Fu on his 2018 birthday)

Estava no carro com Si Fu num final de manhã em direção a sua casa. Si Fu me fazia algumas perguntas relacionadas a um determinado tema, e uma dessas perguntas foi: "Essa pessoa a quem você chama de 'garoto' tem quantos anos?".- Respondi sem ter certeza: "Acredito que deve ter uns trinta."- Fazia tempo que não via Si Fu gargalhar com tanta vontade: "Trinta Pereira? Pô..." - Ele perdeu a fala, e ficou com um sorriso aberto e de braços abertos no banco do carona, quase que indignado por eu ter usado a palavra 'garoto'.- "Pereira, você sabe o que Napoleão estava fazendo com trinta anos?"- Indagou ele.-"Não"- Respondi-"Pereira, com trinta anos não se é mais 'garoto'. Com trinta anos, o Napoleão estava escrevendo a biografia dele."

I was in the car with Si Fu late one morning towards his house. Si Fu asked me a few questions related to a certain topic, and one of those questions was: "This person whom you call 'boy' is how old?" - I answered without being sure: "I think he is around 30 years old" - I could not remember the last time Si Fu Laugh with such a will:" 30 Pereira? Man ... "- He lost his speech, and he had an open smile and with open arms on the seat, almost indignant that I had used the word 'boy' .- "Pereira, do you know what Napoleon was 30 years old?" - I asked - "No" - I answered - "Pereira someone who is 30 years old, is no longer a 'boy'. When Napoleon  was 30 years old, he was writing his biography. "
Vivi uma das "Eras de ouro" dos video-games. Quem tinha mais condições possuía um Mega-Drive ou um Super Nintendo(ainda que nunca tenha visto um deste último pessoalmente antes de 1993). Lembro como se fosse hoje,quando na antiga loja "Luzes Shop" do Madureira Shopping, vi uma aglomeração em torno de um TV na área de eletrônicos. Era 1991, e tinha acabado de chegar "Sonic-The Hedgehog", e simplesmente não acreditávamos na velocidade com que o porco-espinho azul se movimentava! Dois anos mais tarde, queríamos de qualquer forma uma camisa do Sonic que vinha junto do Master System III. 
Como não lembrar, da primeira vez que joguei "Street Fighter II" num aviário em Rocha Miranda(Sim!Tinham fliperamas em qualquer lugar!) e escolhi o personagem "Blanka". Ao perder, um rapaz aleatório disse:"Menor, sempre escolhe o vermelho ou o branco!"- Se referindo a Ken e Ryu,

I lived one of the "golden ages" of video games. Those who had more conditions possessed a Sega Genesis or a Super Nintendo (although  never saw one of this one in person before 1993). I remember as if it was today, when in the old store called "Luzes Shop" of Madureira Mall, I saw an agglomeration around a TV in the area of electronics. It was 1991, and "Sonic-The Hedgehog" had just released, and we just did not believe in the speed with which the blue hedgehog moved! Two years later, we wanted anyway a Sonic shirt that came with Master System III.
As I can not remember, the first time I played "Street Fighter II"and I chose the character "Blanka". On losing, a random boy said, "Little dude, always choose red or white character!" - referring to Ken and Ryu

Devido as nossas condições financeiras, o meu pai pôde me dar apenas um "Dynavision II"(FOTO). Esse video-game de 8-bits, era um genérico do genérico. O Nintendo tinha um genérico chamado "Phanton System"(72 pinos) e o Phanton System tinha um genérico que era o "Dynavision"(60 pinos). 
Meus jogos favoritos eram: "Castlevania Jr", "Ducktales", "The Legend of Kage", "Trojan", "Mega Man 3", "Wrestlemania", e muitos outros... 

Due to our financial conditions, my father could only give me a "Dynavision II"  console(PHOTO). This 8-bit video game was a generic of the generic console. The Nintendo(8-bits) had a generic called "Phanton System" (72 pins) and the Phanton System had a generic that was "Dynavision" (60 pins).
My favorite games were: "Castlevania Jr", "Ducktales", "The Legend of Kage", "Trojan", "Mega Man 3", "Wrestlemania", and many others ...

(Com Si Fu, no jantar em que a viagem para a Europa foi decidida ainda em 2018)
(With Si Fu, at dinner in which the trip to Europe was decided still in 2018)

 Conviver com Si Fu, é ter a certeza de que à primeira oportunidade, algum paradigma seu será quebrado. Lembro de contar a ele, o quanto era importante para meu avô, que eu pudesse ler em algum momento "Vinte Mil Léguas Submarinas" do Julio Verne. Contei para Si Fu, que meu avô dizia que a experiência de ler aquele livro foi tão impactante, que ele chegou a perder o ar. Disse a Si Fu que havia me frustrado, pois não achara nada demais na leitura, a ponto de "perder o ar".
Caminhando e sorrindo, Si Fu disse que o impacto que meu avô sentiu, foi devido à época em que ele viveu: "Thiago, na época a experiência de ler um livro, era algo único. Talvez seja a mesma coisa que você sente quando joga esses games que vocês gosta!"- Si Fu sorriu e eu sabia que ele faria algum comentário curioso:- "Você consegue imaginar o quão 'bobo' seu avô te acharia se visse você com trinta e poucos anos jogando video-game?" - Eu ri e ele também. Ainda assim eu me defendi:"Mas Si Fu, a maioria das pessoas da minha idade hoje em dia jogam video-game!" - Com as mãos nos bolsos ele olhou pra mim rindo e balançando a cabeça como quem diz: "Sério isso?" - E ele falou: "Pereira, para os padrões de quem tinha trinta anos quando seu avô tinha trinta anos, quem joga video-game nessa idade é um bobão." - Eu sorri sem saber onde ele queria chegar, e ele prosseguiu:"Da mesma forma, que na época dele, talvez seu bisavô o achasse um 'bobão' por ficar lendo Julio Verne ao invés de ir trabalhar."- Eu sorri e Si Fu completou:"Cada era tem o seu paradigma. Cabe a você não viver refém dele."

To live with Si Fu is to be sure that at the first opportunity, some paradigm of yours will be broken. I remember telling him, how important it was to my grandfather, that I could read one day Jules Verne's "Twenty Thousand Leagues Underwater" at some point. I told Si Fu, that my grandfather said that the experience of reading that book was so shocking that he even lost his breath. I told Si Fu that I had been frustrated because I had not found anything too much to read, to the point of "losing my breath".
Walking and smiling Si Fu said that the impact my grandfather felt was due to the time when he lived: "Thiago, at the time the experience of reading a book, was something unique. Maybe it's the same thing that you feel when you play these games that you like! "- Si Fu smiled and I knew he would make some curious comment: -" Can you imagine how 'silly' your grandfather would find you if he saw you in his thirties playing video games? "-  I laughed and so did he. Still I defended myself: "But Si Fu, most people my age these days play video game!"- With his hands in his pockets he looked at me laughing and shaking his head as if to say, "Seriously?" - And he said: "Pereira, by the standards of who was thirty years old when your grandfather was thirty, who plays video game at that age would be a silly boy."-  I smiled without knowing where he wanted to go, and he went on: "In the same way, that in his day, maybe your great-grandfather would find him a fool to read Jules Verne instead of going to work."- Si Fu completed: "Each era has its paradigm. It is up to you not to live hostage of it."

(Com Si Fu em uma foto oficial) 
(With Si Fu in an official photo)

Alguns anos atrás, Si Fu falava sobre ética, e sugeriu três perguntas para quando uma decisão precisasse ser tomada: "Eu quero?", "Eu posso?" e "Eu devo?" . - "Se a resposta para essas três perguntas for 'sim', então você faz."- Dizia ele.
Confesso, que não me recordo da última vez que liguei meu video-game. Sempre que o ligo, me pego pensando em todo o resto que poderia estar fazendo. Penso nessas três perguntas, e sempre descubro que existe algo mais importante a ser feito. Não necessariamente trabalhar, mas quem sabe, sair para correr sem camisa enquanto chove. Tem coisa melhor? Meu irmão Kung Fu Roberto Viana diria que sim(risos).

Some years ago, Si Fu talked about ethics, and suggested three questions for when a decision needed to be made: "Do I want to?", "Can I?" and "I should?" . "If the answer to those three questions is 'yes,' then you do it." - Said he.
I confess, I do not remember the last time I played my video game. Whenever I wanto to play it, I catch myself thinking of everything else I might be doing. I think about these three questions, and I always find that there is something more important to be done. Not necessarily work, but who knows, go out to run shirtless while it rains. Is there anything better? My brother Kung Fu Roberto Viana would say yes (laughs).

(Registro de meu Dai Ji Keith Markus de quando fomos buscar Si Mo no aeroporto) 

(I recorded my Dai Ji Keith Markus from when we went to get Si Mo at the airport)

Lembro nessas horas também, de quando caminhava num shopping com Si Fu, e ele me questionou sobre a razão das pessoas usarem roupas de super-herói hoje em dia: "Acho que no fundo, de tudo que o herói representa, a roupa, é a única coisa que a pessoa pode se sentir igual a ele."
Essas constantes reflexões propostas por Si Fu à respeito do meu posicionamento e de como uso o meu tempo de forma inteligente, me ajudam a reconstruir antigos padrões. E ressignificar cada ação, vivendo uma vida mais de acordo com meus valores pessoais.

I remember at the same time, when I was walking in a mall with Si Fu, and he asked me about the reason people wear superhero clothes these days: "I think deep down, everything that the hero represents, the clothes, is the only thing a person can feel is equal to him. "
These constant reflections proposed by Si Fu regarding my positioning and how I use my time wisely, help me to reconstruct old patterns. And resignify every action, living a life more according to my personal values.

(Com Si Fu em sua primeira visita ao novo Mo Gun de minha Família KF) 

(With Si Fu on his first visit to the new Mo Gun of my KF Family)

Recentemente, reclamava com Si Fu sobre o jornalismo esportivo e sobre os jogadores também. Contava sobre uma entrevista com o Leandro "peixe-frito", ex-lateral direito do Flamengo e o melhor lateral direito da história. E sobre sua postura nesta entrevista.
Falava com Si Fu que parecia que os jogadores e jornalistas ficaram mais "bobos", mais "infantis". Começamos então uma conversa sobre todo esse cenário. Si Fu falou do momento em que estamos vivendo e do espaço que existe para sermos "bobos". E curiosamente, logo após o sepultamento de meu pai ano passado,ao invés de dizer que lamentava ou que entregava-me seus pêsames.Ele falou me abraçando:"Agora você precisa 'virar homem'."

I recently complained to Si Fu about sports journalism and about the players as well. I told him about an interview with Leandro "fried fish", former right-back of Flameng soccer team and the best right back in history. And about his posture in this interview. I talked to Si Fu that it seemed that the players and journalists are more "silly", more "childish". We then began a conversation about this whole scenario. Si Fu talked about the moment we are living and the space that exists to be "silly." And curiously, shortly after the burial of my father last year, instead of saying that he was sorry or that he gave me his condolences. He said hugging me: "Now you need to 'become a man.'"
(Jogando o remake de "Double Dragon" em minha antiga residência numa tarde de Sábado)

(Playing the remake of "Double Dragon" in my old residence on a Saturday afternoon)

Então a questão não é exatamente sobre jogar ou não jogar video-games. Mas na capacidade que a "Vida Kung Fu" tem de nos fazer pensar além do que se tem como padrão num determinado momento do mundo. E de refletir, como ainda somos tão "bobos" mesmo com a idade que temos. E como personagens históricos com a mesma idade, já haviam realizado tantos feitos grandiosos.

So the question is not exactly about playing or not playing video games. But in the capacity that "Kung Fu Life" has to make us think beyond what is standard in a particular moment in the world. And to reflect, as we are still so "dumb" even with the age that we have. And as historical figures of the same age, they had already accomplished so many great deeds.


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@Gmail.com