terça-feira, 9 de julho de 2019

THE VING TSUN MEMORIAL DAY: MASTER JULIO CAMACHO WAY

Tenho vivido dias ferozes e também mágicos recentemente. Apesar dos desafios do dia a dia, é bom me debruçar na mureta do segundo pavimento do Mo Gun com tudo apagado e observar a chuva cair na rua de paralelepípedos onde estamos situados. E na última Quinta-feira não foi diferente!
Temos um abiente no Núcleo Méier chamado "Valorização de Vida Kung", ele é gerenciado pela Direção do Núcleo e está voltado para a realização de instrumentos que tenham o "Provimento Orientado de Vida Kung Fu" por vetor estratégico. Quem coordena este ambiente, é o meu discípulo Luiz Grativol, e graças a sua energia contagiante, as pessoas têm se envolvido cada vez mais nesse tipo de momento.

I have lived fierce and magical days recently. Despite the day-to-day challenges, it is good to lean on the wall of the second floor of the Mo Gun with everything turned off and watch the rain fall on the cobblestone street where we are located. And last Thursday was no different!
We have a seat at the Méier School called "Valorization of Kung Life", it is managed by the School Direction and is aimed at the realization of instruments that have the "Oriented Kung Fu Life Providing" by strategic vector. The person who coordinates this area is my disciple Luiz Grativol, and thanks to his contagious energy, people have been increasingly involved in this type of moment.
(Com Cayo em Angra dos Reis)
(With Cayo in Angra dos Reis city) 

Pouca gente sabe, mas sou formado em Biologia e ainda atuo como profissional dessa área nos momentos em que não estão havendo atividades com a Família Kung Fu. Aprendi com meu Si Fu porém, a importância de abrir a vida aos discípulos para que nos apoiemos em qualquer situação em potencial, para o provimento de Vida Kung Fu.
Por isso, neste último dia 04 de Julho, convidei meu discípulo Cayo Cesar (Diretor do Núcleo Méier), a me acompanhar até Angra dos Reis para um compromisso que eu tinha. Foram sete horas juntos e nos foi possível nos conhecermos melhor.

Few people know, but I have a degree in Biology and I still work as a professional in this area at times when there are no activities with the Kung Fu Family. I learned with my Si Fu, however, the importance of opening my life to the disciples so that we can rely on any potential situation, for the provision of Kung Fu Life.
That is why, on this last 4th of July, I invited my disciple Cayo Cesar (Director of the Méier School) to accompany me to Angra dos Reis city for an appointment I had. It was seven hours together and it was possible for us to get to know each other better.
Para o "Dia Memorial do Ving Tsun", a Família decidiu que falaríamos sobre a vida do Patriarca Ip Man. E esse é um tema que eu também gosto muito de falar à respeito. Por isso, montei uma apresentação em slides, comparando fotos da vida real com cenas dos filmes à respeito do Patriarca. Além disso, levei alguns materiais que me foram dados por Si Gung em Outubro de 2010 na Casa dos Discípulos.

For the "Ving Tsun Memorial Day," the Family decided that we would talk about the life of Patriarch Ip Man. And that is a topic I also love to talk about. So I set up a slide show, comparing real-life pictures with the movies ones about the Patriarch. In addition, I took some materials that were given to me by Si Gung in October 2010 in the House of Disciples.


(Si Gung faz um discurso quando minha Família KF completou 1 ano)
(Si Gung made a speech when my Kung Fu Family was 1 year)

Em 2002, Si Gung deu uma palestra no antigo Núcleo jacarepaguá e ele teria dito algo que me marcara para sempre: Ele disse, que para se falar em público e manter a atenção da audiência, o orador não pode manter o mesmo tom de voz, seguir o mesmo ritmo com as palavras, etc... Era importante que de vez em quando, o orador pudesse quebrar a expectativa da audiência, trazendo sua atenção de volta - "Por isso eu brinco e faço piada de vez em quando, porque isso faz vocês olharem para mim novamente." - São as palavras dele que me lembro.

In 2002, Si Gung gave a lecture at the former  Jacarepaguá School and he would have said something that had marked me forever: He said that to speak in public and keep the audience's attention, the speaker can not keep the same tone of voice, follow the same rhythm with words, etc ... It was important that from time to time, the speaker could break the expectation of the audience, bringing their attention back - "So I play and joke once in a while because make you look at me again. " "It's his words I remember.
(Quebrar a expectativa com sorrisos)
(Break the expectation of the audience with smiles)

Desde que comecei a atuar profissionalmente, mantive isso em mente e acredito que é possível sim, treinar esse tipo de processo de oratória. Você monta uma apresentação cativante, e conectar com o público. Se você começar a falar e falar, e se desconectar da audiência, você a perde. Não totalmente, não de uma vez, mas um por um...

Since I started working professionally, I kept this in mind and I believe that it is possible, yes, to train this kind of oratory process. You assemble a catchy presentation, and connect with the audience. If you start talking and talking, and disconnecting from the audience, you lose them. Not totally, not once, but one by one ...
Na cena do filme "O ùltimo Samurai"(Last Samurai,2003) com Tom Cruise, ele se vê cercado por um número considerável de adversários no arco final do filme. Naquele momento, Tom Cruise relaxa, e começa a entender todo àquele grupo, como um corpo único. Por isso, ao primeiro movimento do primeiro adversário, ele golpeia e desdobra seus golpes em um por um, como se fossem membros de um mesmo corpo lhe atacando.

In the 2003, the movie "Last Samurai" with Tom Cruise, he finds himself surrounded by a considerable number of opponents in the final arc of the film. At that moment, Tom Cruise relaxes, and begins to understand everyone in that group, as a single body. Therefore, at the first movement of the first adversary, he strikes and unfolds his blows one by one, as if they were members of the same body attacking him.
Então acho que dá para encarar uma audiência como um adversário único e conectar com ela de forma a sentir e perceber cada momento de forma a não perder a pontr com a mesma.
Apesar de todos esses "Insights", ainda me vejo num nível muito básico de condução deste tipo de processo.

So I think we can face an audience as a unique adversary and connect with it in order to feel and perceive each moment so as not to lose the bridge with it.
Despite all these Insights, I still see myself at a very basic level of conducting this kind of process.
(Com Si Fu no Ano novo chinês de 2006)
(With Si Fu and Family celebrating the chinese new year in 200¨)

Digo isso, pois o bom da Vida Kung Fu, é que você pode se inspirar em cenários que você viveu junto do seu Si Fu. Por muitas vezes, vi Si Fu promover o mesmo tipo de encontro interativo e divertido, utilizando-se das antigas TV´s de 29 polegadas conectadas a torres de computador com alguma versão de Windows do início dos anos 2000.

I say this, because the good thing about Kung Fu Life is that you can be inspired by scenarios that you lived with your own Si Fu. For many times, I have seen Si Fu promote the same kind of interactive and entertaining meeting, using the old 29-inch TVs connected to computer towers with some version of Windows from the early 2000s.
Houve porém, uma mudança muito sutil na forma pela qual Si Fu conduz esse tipo de encontro que promove a Vida Kung Fu. Eu não consegui, mesmo estando tão perto nos últimos anos, entender o que mudou. Simplesmente, não consigo imaginar ele se utilizando de recursos como TV, Flip-Chart, etc... Parece que tudo é muito honesto e natural, e as pessoas saem encantadas.
Lembro que no momento da foto acima, era o primeiro "Kung Fu à mesa" de nosso Clã. Si Fu simplesmente perguntou sobre o que falávamos, e se apoiando no assunto, desdobrou todo o restante. Eu prestei muita atenção em como ele estava fazendo ... Mas meu erro foi tentar desvendar a técnica, por isso não aprendi como fazê-lo.

There was, however, a very subtle change in the way Si Fu conducts this kind of encounter that promotes Kung Fu Life. I have not been able to, even though I have been so close to him in recent years, to understand what has changed. Simply, I can not imagine him using features like TV, Flip-Chart, etc ... It seems that everything was suddenly very honest and natural, and people are still delighted.
I remember that at the time of the photo above, it was the first "Kung Fu at the table" of our Clan. Si Fu simply asked what we were talking about, and leaning on the subject, he unfolded everything else. I paid close attention to how he was doing ... But my mistake was to try to unravel the technique, so I did not learn how to do it.
Pensando na maneira do Si Fu de fazer as coisas, percebo quantos "Movimentos" a mais fiz nesse "Dia Memorial do Ving Tsun" de minha Família. eu tinha: Uma Tv, Recortes de revistas, um flip-chart, um mapa de Foshan, uma apresentação de slides de 49 slides. (risos). Enquanto isso, Si Fu senta-se em sua poltrona e apenas conversa. Acredito que se fosse uma luta, é como se eu precisasse usar vários golpes enquanto Si Fu resolveria com um único.

Thinking about Si Fu's way of doing things, I realize how many more "Movements" I made on this "Ving Tsun Memorial Day" of my Family. I had: A Tv, Clippings from magazines, a flip chart, a map of Foshan, a slide show of 49 slides. (laughs). Meanwhile, Si Fu would sit in his armchair and just talk. I think if it was a fight, it's as if I needed to use several blows while Si Fu would deal with a single one.
(Com Si Fu em Paris, 2017)
(With Si Fu in paris, 2017)

Então, na última Quinta-feira, percebi que ainda tenho um longo caminho pela frente nessa estrada como Si Fu. Espero entender esse sutil refinamento do meu Si Fu o quanto antes, para que minha Família não seja refém das minhas limitações. Afinal, também daí, o "Fat"(法) do meu "Nome Kung Fu".

So last Thursday, I realized that I still have a long way to go on this road like Si Fu. I hope to understand this subtle refinement of my Si Fu as soon as possible, so that my Family will not be held back by my limitations. After all, also from there, the "Fat" (法) of my "Kung Fu Name"comes.



The Disciple of Master Julio Camacho,
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@Gmail.com

terça-feira, 2 de julho de 2019

MOY YAT INSTITUTE GRAND OPENING (A inauguração do Instituto Moy Yat)

TEXTO DOS DISCÍPULOS 
DO MESTRE THIAGO PEREIRA:
LUIZ GRATIVOL E CAROLINE ARCHANJO

ARTICLE BY THE DISCIPLES
OF THE MASTER THIAGO PEREIRA:
LUIZ GRATIVOL AND CAROLINE ARCHANJO


O caminho de ida, o deslumbrante Instituto Moy Yat e a sua inauguração:

On the road to Sao Paulo, the stunning Moy Yat Institute and its inauguration:
(Com Si Fu na manhã de Sexta à caminho do hotel onde estavam Si Gung e Si Suk Carmen Maris)
(With Si Fu on Friday´s morning on the way to
 the hotel where Si Gung and Si Suk Carmen Maris were)

A primeira viagem em Comitiva com o Clã Moy Jo Lei Ou:  O dia se iniciou na madrugada, a ansiedade era grande, e estávamos tomados pela tensão de possíveis questões que poderiam ocorrer na viagem. Nossa mente também estava voltada a um problema particular que tínhamos acabado de  receber a notícia(já que somos marido e mulher além de irmãos Kung Fu). Em alguns momentos pareceu não ser possível relaxar. Antes de sair de casa, na nossa prateleira, estava o especial presente de Si Fu: Em sua viagem em Comitiva do Clã Moy Jo Lei Ou para a Polonia: Uma nota de 50 Zlotys, assinada por ele com a frase "One Day, One Life". Por isso, sabíamos que precisávamos nos dedicar a aproveitar a viagem que se seguiria.

The first journey as part of a delegation of the Clan Moy Jo Lei Ou: The day started at dawn, anxiety was great, and we were overwhelmed by the tension of possible issues that could occur in the journey. Our mind was also turned to a particular problem we had just received the news (since we are husband and wife besides Kung Fu brothers). At times like that it seems not to be possible to relax. Before leaving home, on our shelf, was the special gift from our Si Fu: On his journey in Clan Moy Jo Lei Ou delegation to Poland: A note of 50 Zlotys, signed by him with the phrase "One Day, One Life ". So we knew we had to devote ourselves to taking advantage of the next trip.
(Conversamos bastante no caminho de ida sobre vários temas durante as sete horas de viagem)
(We talked a lot on the way on various topics during the seven-hour journey)

 Nos encontramos às 6h da manhã no Mo Gun, e iniciamos a viagem de carro com o Si Fu. E pudemos nos sintonizar acerca do roteiro da viagem, conversar sobre os momentos que se seguiriam, e conversar sobre questões pessoais e nossa Família Kung Fu.
Tranquilamente dá pra dizer que nos sentimos como um praticante do Biu Ji em virtude de acontecimentos anteriores a viagem, como citado acima, os quais tranquilamente poderiamos ter usado como desculpa para não termos participado desta comitiva. Mantivemos em mente o que o Si Fu diria à respeito do “Biu Ji”, ou seja, “sem desculpas”! A preocupação não deixou de existir, porém não precisa afetar, não faria sentido deixar afetar.

We meet at 6am in the morning at Mo Gun, and start driving with Si Fu. And we were able to tune in on the script of the trip, talk about the moments that would follow, and talk about personal issues and our Kung Fu Family.
Quietly we can say that we feel like a Biu Ji practitioner because of events previous to the trip, as mentioned above, which we could quietly have used as an excuse not to participate in this delegation. We kept in mind what Si Fu would say about "Biu Ji": "no excuses"! 
The concern did not cease to exist, but it need not affect, it would not make sense to let affect.
(No café-da-manhã, Si Fu que estava com sono tomou um Redbull de açaí.)
(At breakfast, Si Fu who was sleepy took a Redbull of Acai.)

O café da manhã foi no Restaurante Graal em Resende.. Era uma bela manhã que a cada segundo permitia pensar no que teríamos perdido caso tivéssemos desistido! Os assuntos durante a viagem foram dos mais diversos e ouvir o Si Fu falar sempre é motivador! Seguimos então viagem para São Paulo, até o momento adiantados em nossa programação.
Conseguimos nos organizar e ter bom timing para participar do almoço, onde encontramos a Si Suk Carmem e o Si Gung Julio Camacho. Conversamos rapidamente, porém foi bom por vivenciarmos um momento com o Si Gung, que não víamos a algum tempo.

 Breakfast was at Graal Restaurant in Resende city. It was a beautiful morning that every second allowed us to think about what we would have lost had we given up! The subjects during the trip were of the most diverse and listening to the Si Fu talk is always motivating! We then traveled to Sao Paulo, so far advanced in our schedule.
We managed to organize ourselves and have good timing to attend the lunch, where we find Si Suk Carmem and Si Gung Julio Camacho. We talked quickly, but it was good to experience a moment with Si Gung, which we did not see for a while.


("Sam Toi", a "Mesa Ancestral" do Instituto Moy Yat, montada 
com a ajuda de Si Taai Baak Gung Joh Tsang)
("Sam Toi", the "Ancestral Table" of the Moy Yat Institute, set up
with the help of Si Taai Baak Gung John Tsang)
(Si Gung Julio Camacho, ladeado por Si Suk Gung Ricardo Queiroz e nosso Si Fu, 
observam os itens dispostos pelo Si Taai Baak Gung John Tsang)

(Si Gung Julio Camacho, flanked by Si Suk Gung Ricardo Queiroz and our Si Fu, 
observe the items arranged by Si Taai Baak Gung John Tsang)



                   Seguimos para o Instituto Moy Yat de Uber, e ao chegar, impressionava o zelo minucioso em cada canto do local. Era possível apreciar diversos itens históricos, e conhecer um pouco mais sobre o “Feng Shui” aplicado à um recinto marcial, graças ao trabalho com muita excelência, de Si Taai Baak Gung John Tsang.

We drove to the Moy Yat Institute in Uber, and upon arriving, impressed the meticulous zeal in every corner of the place. It was possible to appreciate several historical items, and to know a little more about the "Feng Shui" applied to a martial school, thanks to the work with great excellence, of Si Taai Baak Gung John Tsang.
(Si Taai Baak Gung John explica ao Si Taai Gung, sobre alguns itens usados 
nos procedimentos do "Feng Shui" e que são em seguida queimados.)

(Si Taai Baak Gung John explains to Si Taai Gung about some items
 used in the "Feng Shui" procedures that are then burned.)
(Si Taai Baak Gung queima alguns dos papéis num recipiente situado,
segundo ele, no ponto de maior prosperidade do local.)
(Si Taai Baak Gung burns some of the papers in a lying container,
according to him, at the point of greatest prosperity of the place.)


Também foi especial para conhecer pessoalmente Si Suk Gung dos quais sempre se  ouvem histórias.  Também foi possível acompanhar Si Taai Gung Leo Imamura enquanto falava sobre alguns itens do Instituto Moy Yat.

It was also special to personally meet Si Suk Gung of whom we always hear stories. It was also possible to accompany Si Taai Gung Leo Imamura while talking about some items of the Moy Yat Institute.
(Foto com Si Fu: A sala principal do local, é envolta por fotos de Si Jo Moy Yat)

(Photo with Si Fu: The main room of the Institute, is surrounded by photos of Si Jo Moy Yat)
(A área externa do local é incrível! Possui o "Geuk Jong" completo com dez postes, Muk Yan Jong, bastões,etc... Mas o principal é a beleza da disposição das coisas e sua organização!)

(The outside area of the place is amazing! It has the complete "Geuk Jong" with ten posts, Muk Yan Jong, long poles, etc ... But the main thing is the beauty of the disposition of things and their organization!)
(Foto muito legal com Si Fu, Si Gung e Si Suk Gung Ursula Lima na área externa)

(Very cool photo with Si Fu, Si Gung and Si Suk Gung Ursula Lima in the outside area)
(Si Fu, um dos autores deste artigo Luiz Grativol, Si Gung 
e ao fundo a Srta Melissa Imamura, filha do Si Taai Gung)
(Si Fu, one of the authors of this article Luiz Grativol, Si Gung
and in the background Miss Melissa Imamura, daughter of Si Taai Gung)

Eram tantas memórias vivas por dentro e por fora de cada ambiente! O Instituto está incrível e a sensação lá dentro é que a luz e o vento passam por toda a estrutura fazendo tudo ter um brilho especial trazendo um ar leve e puro.

There were so many living memories inside and out of every environment! The Institute is incredible and the feeling inside is that light and wind go through the whole structure making everything have a special glow bringing a light and pure air.
(Um dos pontos mais emblemáticos da inauguração foi o discurso emocionante de Si Gung. 
Cada palavra escrita com muita assertividade, inteligência e coração.)

(One of the most emblematic points of the inauguration was Si Gung's moving speech, each word written with great assertiveness, intelligence and heart.)
(Um dos autores deste artigo, Luiz Grativol, com Si Taai Gung Leo, após este último
lhe dar de presente seu próprio pin com a logo de nosso Grande Clã)

(One of the authors of this article, Luiz Grativol, with Si Taai Gung Leo,
 after the latter give him his own pin with the logo of our Grand Clan)
(Si Fu e Si Gung observam Si Taai Gung e Si Taai Baak Gung John,
momentos antes da fita de inauguração ter seu nó desatado)
(Si Fu and Si Gung observe Si Taai Gung and Si Taai Baak Gung John,
moments before the opening ribbon had its knot untied)
(Nós dois, autores deste artigo, com nosso Si Fu)
(We, the authors of this article, with our Si Fu)

Participar da inauguração foi incrível e cada palavra proferida lá teve toda intenção de celebrar um legado que provê muita qualidade em desenvolvimento humano. Foram momentos emocionantes, e cada palavra e discurso revelava um pouco mais sobre a grandiosidade de Si Jo Moy Yat, e sobre o quão impactante será o Instituto Moy Yat para toda a Linhagem Moy Yat.

Attending the inauguration was incredible and every word spoken there had every intention of celebrating a legacy that provides a lot of quality in human development. These were exciting times, and every word and speech revealed a little more about the greatness of Si Jo Moy Yat, and about how shocking the Moy Yat Institute is going to be for the entire Moy Yat Lineage.
 Seguimos para o jantar(FOTO) de celebração, e Si Suk Carmem compartilhou sobre seu conhecimento acerca de vinhos. Nos foi possível então apreciar um dos vinhos disponíveis, harmonizado com o prato que pedimos.

We proceeded to the celebration dinner (PHOTO), and Si Suk Carmem shared about her knowledge about wines. We were then able to enjoy one of the wines available, harmonized with the dish we ordered.
(Foto da mesa principal do jantar maravilhoso da noite de Sexta.
Podemos ver os Si Suk Gung, Si Gung, Si Taai Po Vanise, Srta Melissa, Si Taai Gung,
Si Taai Baak Gung John e sua esposa. )

(Photo of the main table of the wonderful Friday night dinner.
We can see the Si Suk Gung, Si Gung, Si Taai Po Vanise, Miss Melissa, Si Taai Gung, Si Taai Baak Gung John and his wife. )
(Si Baak Gung Anderson Maia, deu de presente ao Si Taai Baak Gung 
durante o jantar uma camisa do Brasil com seu nome).
(Si Baak Gung Anderson Maia, gave a gift to Si Taai Baak Gung
during dinner a jersey from Brazil with his name).
(Encerramos a noite jogando fliperama com Si Fu no saguão do hotel.
Ele nos mostrou o clássico jogo "Tartarugas Ninja".)
(We closed the evening playing arcade with Si Fu in the hotel lobby.
He showed us the classic game "Ninja Turtles".)
                     
Por fim, retornamos ao Hotel e nos deparamos com uma máquina de Arcade com diversos jogos na qual jogamos com Si Fu. E foi divertido! Apesar de termos morrido bastante jogando "Tartarugas Ninja"(risos).

Finally, we return to the Hotel and we come across an Arcade machine with several games in which we play with Si Fu. And it was fun! Although we died a lot by playing "Teenage Ninja Turtles" (laughs).

Palestra de Si Taai Baak Gung William Moy e Workshop de Chi Sau:

Si Taai Baak Gung William Moy Lecture  and Chi Sau Workshop:



(Abraço divertido de Si Gung em um dos autores 
deste artigo, Luiz Grativol, no café da manhã)

(Hilarious embrace of Si Gung in one of the authors
of this article, Luiz Grativol, for breakfast)

Era uma bela manhã e o céu estava incrível quando iniciamos o nosso Sábado! As cápsulas de cafeína nunca haviam funcionado tão bem antes, e era possível sentir a energia para vivenciar o dia, mesmo após uma série de noites de sono curtas na última semana e no dia anterior.

It was a beautiful morning and the sky was incredible when we started our Saturday! The caffeine capsules had never worked so well before, and it was possible to feel the energy to experience the day, even after a series of short nights of sleep last week and the day before.
 (As mãos de Si Gung que assinam o discurso impresso por
Si Suk Carmen, e lido por ele na noite anterior)

(The hands of Si Gung who signed the speech printed by
Si Suk Carmen, and read by him the night before)


(Momento em que um dos autores deste artigo,
Caroline Archanjo, recebe o documento assinado)

(Moment in which one of the authors of this article,
Caroline Archanjo, receives the signed document)


Encontramos Si Gung Julio Camacho, Si Fu e Si Suk Carmen para o café da manhã, onde conversamos um pouco sobre os belos discursos realizados na inauguração do Instituto Moy Yat. Falamos um pouco sobre nossas observações acerca deles, Si Gung deu como presente o seu discurso tão emocionante impresso, assinado por ele com carinho.

We found Si Gung Julio Camacho, Si Fu and Si Suk Carmen for breakfast, where we talked a little about the beautiful speeches made at the inauguration of the Moy Yat Institute. We talked a little about our observations about them, Si Gung gave as a gift his speech so thrilling printed, signed by him with affection.
(Si Gung chega no Instituto Moy Yat no segundo dia)

(Si Gung arrives at the Moy Yat Institute on the second day)
(Si Gung observa pensativo a deslumbrante
 entradado Insituto Moy Yat.)

(Si Gung gazes thoughtfully at the dazzling entrance of the Moy Yat Institute.)

A presença do Si Gung já nos fazia sentir em família, e não mais nos deixava ansiosos ou apreensivos. Enquanto nos abraçava e ríamos durante um leve momento de descontração dizia: "Estamos em família, relaxe."
Saber lidar com a atenção cuidadosa, zelo e respeito mas de forma leve e proveitosa.

The presence of Si Gung already made us feel like family, and no longer made us anxious or apprehensive. While we were hugging and laughing during a light moment of relaxation, he said: "We are family, relax."
Know how to deal with careful attention, zeal and respect but in a light and helpful way.

Seguimos para o Instituto Moy Yat, e Si Gung Julio Camacho e Si Baak Gung Nataniel Rosa iniciaram o momento compartilhando suas experiências vividas junto ao Si Jo Moy Yat. Foi um momento especial e divertido.(FOTO)

We went to the Moy Yat Institute, and Si Gung Julio Camacho and Si Baak Gung Nataniel Rosa started the moment by sharing their experiences with Si Jo Moy Yat. It was a special moment and fun. (PHOTO)
(Foto nossa com a Si Suk Carmen, discípula de nosso Si Gung, durante o bate-papo
com Si Gung e Si Baak Gung Nataniel)

(Our photo with Si Suk Carmen, disciple of our Si Gung, 
during the chat with Si Gung and Si Baak Gung Nataniel)


(Si Fu e Si Suk Herbet, ouvem atentamente as palavras de 
Si Gung que está ladeado por Si Baak Gung Nataniel)
(Si Fu and Si Suk Herbet, listen carefully to the words of
Si Gung who is flanked by Si Baak Gung Nataniel)
(Si Taai Baak Gung William Moy realiza palestra histórica.
Na ocasião Si Gung e Si Suk Gung Felipe Soares fizeram a tradução)
(Si Taai Baak Gung William Moy leads a historic lecture.
On the occasion Si Gung and Si Suk Gung Felipe Soares did the translation)


Si Taai Baak Gung William chegou em seguida, e se iniciou sua tão aguardada palestra, chamada "Moy Yat, Meu Pai, Meu Si Fu". Junto dele chegaram: Si Taai Gung Leo Imamura, Si Taai Baak Gung John Tsang e sua esposa.

Si Taai Baak Gung William arrived, and his long-awaited lecture, called "Moy Yat, My Father, My Si Fu," began. Next to him came: Si Taai Gung Leo Imamura, Si Taai Baak Gung John Tsang and his wife.
(Si Fu observando com atenção os slides da palestra)

(Si Fu watching carefully the slides of the lecture)
(Si Taai Gung e Si Taai Baak Gung John, 
ouvem com atenção)

(Si Taai Gung and Si Taai Baak Gung John,
listen carefully)

Si Taai Baak Gung William compartilhou fotos pessoais sobre sua vivência com Si Jo Moy Yat, e contou um pouco sobre sua perspectiva da vida com ele, por meio de suas experiências. Em seguida, o momento foi aberto para perguntas, que estavam sendo realizadas ao Si Taai Baak Gung em Inglês.

Si Taai Baak Gung William shared personal photos about his experience with Si Jo Moy Yat, and told a little about his outlook on life with him, through his experiences. Then the moment was opened for questions, which were being held at Si Taai Baak Gung in English.
(Momento em que um dos autores deste artigo, Caroline Archanjo,
reuniu coragem para fazer uma pergunta)
(Time when one of the authors of this article, Caroline Archanjo,
reunite the courage to ask a question)
(Si Taai Baak Gun William ouve pergunta da platéia.
Ao seu lado, Si Taai Gung).

(Si Taai Baak Gun William hears question
 from the audience.At his side, Si Taai Gung).

Nossa timidez e ansiedade estavam nos levando a não realizar nenhuma pergunta, porém, “pensamos com o coração” e nos perguntamos quando teríamos novamente uma oportunidade de conexão como esta. Nos preparamos mentalmente para a pergunta, e cada um de nós levantou a mão trêmula para realizar cada um sua pergunta.
Nessas horas, o coração parece querer saltar para fora do peito, enquanto éramos observados, cada um em um momento, pelo Si Taai Gung, Si Gung e Si Fu. Si Fu estava sorrindo. E os Si Taai Baak Gung William Moy e John Tsaang falaram por 13 minutos sobre nossa pergunta a respeito da rotina e vivência no dia a dia de Si Jo Moy Yat, de forma muito carinhosa. Foi um momento e tanto!

Because we are very shy and anxiety were leading us to ask no questions, but "we thought with our hearts" and wondered when we would again have a connection opportunity like this. We prepared ourselves mentally for the question, and each of us raised a trembling hand to carry out each our question.
At such times, the heart seems to want to jump out of the chest as we were observed, each in a moment, by Si Taai Gung, Si Gung and Si Fu. Si Fu was smiling. And the Si Taai Baak Gung William Moy and John Tsang spoke for 13 minutes about our questions and the daily life of Si Jo Moy Yat in a very loving way. It was a great moment!
(Parte da audiência de 59 pessoas na palestra de Si Taai Baak Gung William)

(Part of the audience of 59 people in the speech of Si Taai Baak Gung William)


Ele respondeu diversas perguntas dos mestres e praticantes presentes na platéia. Muitas de naturezas diferentes, que iam de temas das próprias relações familiares.

He answered several questions from the masters and practitioners in the audience. Many different natures, ranging from themes of family relationships themselves.
(Si Suk Gung Diego dedica um bom tempo para conversar 
com um dos autores do texto, Luis Grativol. Ao fundo, 
Si Fu termina o vídeo de homenagem para Si Taai Po, 
a ser exibido em seu aniversário mais tarde naquele dia.)

(Si Suk Gung Diego takes a long time to talk
with one of the authors of the article, Luis Grativol. In the background,
Si Fu ends the tribute video for Si Taai Po,
to be shown on her birthday later that day.)

Em seguida, vivenciamos alguns momentos especiais com os Si Suk Gung no Instituto Moy Yat: Tivemos a oportunidade de preparar chá, conhecer melhor cada ambiente do Instituto e zelar pelo local. Conversamos com o  Si Suk Gung Diego Guadelupe, e cuidamos do Si Fu enquanto ele encerrava seu vídeo de homenagem.

Then we had some special moments with the Si Suk Gung at the Moy Yat Institute: We had the opportunity to prepare tea, get to know each Institute's environment better and watch over the place. We talked to Si Suk Gung Diego Guadelupe, and we took care of Si Fu while he finished his video of homage to our Si taai Po Vanise.
(Si Taai Baak Gung William disse que conhecia Si Fu por ler seus artigos.
Depois do almoço, ele foi presentado por sugestão do Si Taai Gung, com
o texto usado na palestra feita por ele.)

(Si Taai Baak Gung William said that he knew Si Fu by reading his articles. After lunch, Si Taai Baak Gung gave to Si Fu, at the suggestion of Si Taai Gung Leo, the text used in the lecture he made.)


Sob novas perspectivas observar o foco e determinação do Si Fu em simplesmente fazer o que precisa ser feito, sem desculpas, da melhor forma possível com o que estiver ao alcance de ser usado.

Under new prospects observe the focus and determination of Si Fu in simply doing what needs to be done, without apology, to the best of what is within reach of being used.

A interação do Si Fu com Si Suk Gung Rodrigo Giarola(FOTO) é inspiradora! E fica nítido o carinho e respeito nessa relação!  Aprendemos muito sobre ser sutil e invisível no preparo de cerimônias importantes e grandiosas com Si Suk Gung Giarola. Esse é um novo direcionamento para  quando formos estruturar os eventos da Família Moy Fat Lei.

The interaction of Si Fu with Si Suk Gung Rodrigo Giarola (PHOTO) is inspiring! And the affection and respect in this relationship is clear! We learn a great deal about being subtle and invisible in the preparation of important and grandiose ceremonies with Si Suk Gung Rodrigo Giarola. This is a new direction for when we will structure the events of the Moy Fat Lei Family.
(Si Taai Baak Gung William durante seminário de Chi Sau)

(Si Taai Baak Gung William during Chi Sau seminar)


Depois iniciamos o Workshop de Chi Sau com o Si Taai Baak Gung William, onde tivemos a oportunidade de praticar com uma série de pessoas diferentes, e nos foi possível enriquecer a forma de nos adaptarmos e nos conectarmos a cada um da maneira mais adequada.

Then we started the Chi Sau Workshop with Si Taai Baak Gung William, where we had the opportunity to practice with a number of different people, and it was possible to enrich the way we adapt and connect to each one in the most appropriate way.

A Celebração do Aniversário:

The Birthday Celebration:
(Si Taai Gung e Si Taai Po, posam com a Comitiva do
Clã Moy Jo Lei Ou, durante a celebração)

(Si Taai Gung and Si Taai Po, pose with the
Clan Moy Jo Lei Ou Delegation, during the celebration)

(Foto histórica de Si Fu e Si Taai Baak Gung John. 
Si Taai Baak Gung faria aniversário no dia seguinte,
por isso, celebramos seu natalício na mesma ocasião)
(Historical photo of Si Fu and Si Taai Baak Gung John.
Si Taai Baak Gung would make birthday the next day,
so we celebrated his birthday on the same occasion)
(Si Fu, Si Gung e Si Taai Baak Gung William)

(Si Fu, Si Gung and Si Taai Baak Gung William Moy)
(Si Taai Baak Gung William Moy, durante seu tão aguardado
discurso sobre a celebração, mas principalmente, sobre
tudo que representa o Instituto Moy Yat)
(Si Taai Baak Gung William Moy during his much awaited
speech about the celebration, but mainly about
all that Moy Yat Institute represents)

Em seguida, seguimos para o hotel para nos arrumarmos. E depois durante o jantar, foi apresentado um vídeo de homenagem do Clã Mo Jo Lei Ou à Si Taai Po Vanise Imamura, produzido pelo Si Fu, e foi muito emocionante cada cuidado e detalhe. Conseguimos nos inspirar para futuras homenagens que nós resolvermos fazer algum vídeo também.
Encerramos a noite já no saguão do hotel, num especial café com Si Fu, onde falamos sobre o dia, sobre manter a energia que adquirimos durante a viagem, e não a perder ao longo da semana que viria. Podemos dizer que aproveitamos cada momento deste dia de forma única! Assim como estava escrito na cédula de Zloty que estava emoldurada em nossa prateleira onde Si Fu escreveu: “One Day, One Life”.


Then we went to the hotel to get ready. And then during dinner, was presented a video of homage of the Mo Jo Lei Ou Clan to Si Taai Po Vanise Imamura, produced by Si Fu, and it was very exciting every care and detail. We were able to inspire us for future tributes that we decided to make some video as well.
We ended the evening in the hotel lobby, at a special break for coffee with Si Fu , where we talked about the day, about keeping the energy we got during the trip, and not losing it during the coming week. We can say that we enjoy every moment of this day in a unique way! Just as it was written on the Zloty money from Poland that was framed on our shelf where Si Fu wrote "One Day, One Life."


O Retorno para casa:
The Return Home:
(Si Fu acompanha Si Gung até o aeroporto)
(Si Fu takes Si Gung to the airport)


Iniciamos o ultimo dia da viagem da Comitiva do Clã Moy Jo Lei Ou com energia, apesar do cansaço. Nos surpreendia muito o fato de ainda termos energia e estarmos conseguindo aplicá-la, e refletimos muito sobre o quanto estavamos nos dedicando a estarmos relaxados.

We started the last day of the Moy Jo Lei Ou Clan's Commitment trip with energy, despite the fatigue. We were very surprised that we still have energy and we are able to apply it, and we reflect a lot on how much we were devoting ourselves to being relaxed.
(Café da manhã do último dia com Si Gung)
(Breakfast of the last day with Si Gung)

Descendo o elevador logo pela manhã já começamos a pensar na saudade que iríamos sentir de cada momento que foi vivido com Si Fu. Apesar de terem sido poucos dias a conexão foi muito intensa e como havia falado Si Tai Baak Gung William Moy, " It's power, not strenght", sentimos exatamente isso e complementamos dizendo que foi o exato tempo que precisava ser, nem mais e nem menos.
No café da manhã com Si Gung, ele pode nos dizer que perdemos muito por conta da tensão, e que poderíamos ter aproveitado muito mais. "Vocês estão em Família, não há motivos para estarem nervosos ao falarem com alguém ou em público.", disse Si Gung. Refletimos muito a respeito da jornada que temos pela frente de desenvolver o relaxamento que independe de um cenário exterior. De aproveitar o dia.
Nos direcionamos ao Aeroporto Internacional de Congonhas, para que Si Gung e Si Suk Carmem pudessem embarcar em seu vôo, e conseguimos a oportunidade de vislumbrar um pouco mais este bairro da cidade de São Paulo, que tanto nos encantou.

Coming down the elevator in the morning, we began to think about how much we would miss each moment that was lived with Si Fu. Although it was only a few days ago, the connection was very intense and, as Si Taai Baak Gung William Moy had said, "It's power, not strenght", we feel exactly that and complement it by saying that it was the exact time it needed to be, neither more nor less .
At breakfast with Si Gung, he  told us that we lost a lot because of the tension, and that we could have taken much more. "You are in Family, there is no reason to be nervous when talking to someone or in public," - Si Gung said. We reflect a lot on the journey that we have ahead to develop the relaxation that is independent of an external scenario. Enjoy the day.

We went to the Congonhas International Airport, so that Si Gung and Si Suk Carmem could board their flight, and we got the opportunity to get a glimpse of this neighborhood in the city of São Paulo that we loved so much.
(Parada num restaurante na volta, com a camisa oficial 
da primeira comtiiva da Família Moy Fat Lei)
(Stop at a restaurant on the way back, with the official shirt
of the first delegation of the Moy Fat Lei Family)

A viagem de retorno ao RJ foi muito fácil, nunca passaram-se  tantas horas de forma tão rápida. Acredito que a escolha do Si Fu pelo carro ao invés do avião para nossa viagem ter ocorrido, foi com essa intenção. E a qualidade dessa conexão se deu não por conta do tempo mas por conta da estrutura: Desde  a rota tomada, da atenção e por ser possível imprevistos e daí a questão: como resolver,  de forma relaxada, com exatamente aquilo o que temos?

The trip back to Rio was very easy, never spent so many hours so quickly. I think Si Fu's choice of going by car instead of the plane for our trip has occurred with that intention. And the quality of this connection was not because of time but because of the structure: From the route taken, attention and possible unforeseen and hence the question: how to solve, relaxed way with exactly what we have?
(Com Si Fu durante a celebração do aniversário de Si Taai Po)
(With Si Fu during the celebration of the anniversary of Si Taai Po)


Percebi que já há muito do Si Fu em nós e me fez perceber que ele mantém de forma leve tudo em seu coração conforme os estímulos externos ocorrem e vai recordando de cada um e de cada momento que lhe foi único.
Paramos para almoçar num incrível lugar em meio à estrada. O clima era ótimo, e tocaram algumas músicas especiais para nosso Si Fu, e também a música "Sweet Caroline".
       Confesso que em um dos momentos dessa viagem nos sentimos mais aliviados quando o Si Fu disse: " É natural nós acharmos nosso Si Fu o melhor do mundo."-  Ali nós vimos que não éramos os únicos e que a proximidade da relação permite que esse sentimento seja legítimo.  É fácil perceber a transmissão que vem com o coração quando se fala do Mestre Thiago Pereira, nosso Si Fu. Espero que este artigo inspire nossos irmãos Kung Fu a estarem presentes em oportunidades como esta, de estar em Família. Retornamos hoje com outra visão a respeito de quem somos, e inspirados a manter o zelo e sermos gentis. Há uma semente que foi plantada com tudo.


I realized that there is already a lot of Si Fu in us and made me realize that he keeps lightly everything in his heart as the external stimuli occur and he remembers each and every moment that was unique to him.
We stopped for lunch in an incredible place in the middle of the road. The weather was great, and they played some special songs for our Si Fu, and also the song "Sweet Caroline".
I confess that in one of the moments of this trip we felt more relieved when Si Fu said: "It is natural we think our Si Fu is the best in the world." - There we saw that we were not alone and that the proximity of the relation allows that feeling is legitimate. It is easy to see the transmission that comes with the heart when talking about Master Thiago Pereira, our Si Fu. I hope this article inspires our Kung Fu brothers to be present at opportunities like this, to be in Family. We return today with another vision as to who we are, and inspired to keep our zeal and be kind. There is a seed that has been planted with everything.