PRATIQUE NO RIO: 21 99636988

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

THE TWO NEW DISCIPLES OF MOY KE LO SI FAMILY



(Foto oficial da Cerimônia de Baai Si da Família Moy Ke Lo Si)
(Official photo of Moy Ke Lo Si Family´s Baai Si Ceremony)

O metrô que ligava o Jardim Oceânico até a estação Cinelândia estava parado a minha frente. As portas abertas prestes a fechar a qualquer momento. Minha querida mala preta que usei na Europa estava ali comigo também. Aguardava minha To Dai Christiana. Ela havia nos levado em seu carro saindo do Méier até ali. Estávamos em cima da hora para meu compromisso: Havia recebido a honra de ser convidado para a Terceira Cerimônia de Discipulado da Família Moy Ke Lo Si.  Olhei para o topo da escadaria e nem sinal da Chris. Ela havia ficado para trás quando aumentei o ritmo dos passos. Como não havia lembrado do bilhete do metrô, eu passei e ela ficara para comprar o seu. Naquele momento, me lembrei da lendária aventura nos trens de Barcelona com Si Fu e Claudio. Agora, lá estava eu, do outro lado da história. Cogitei por meio segundo ir e deixar a Chris caso o trem saísse, mas achei que seria uma experiencia acima do esperado para o Domínio Siu Nim Tau. Nesse momento, vi quando Chris começou a descer as escadarias, e refleti que deveria ajustar a experiência para seu momento no Sistema Ving Tsun. Assim, encostados na parede de um dos vagões, fizemos um breve pós-evento do que acontecera até ali, e nos preparamos para o que viria na sequência.

The subway train that connected the Ocean Garden Station to the Cinelandia station was standing in front of me. The doors open about to close at any moment. My dear black suitcase I carried in Europe was there with me too. I waited for my To Dai Christiana. She had taken us in her car out of the Meier neighborhood. We were on time for my appointment: I had been honored to be invited to the Third Moy Ke Lo Si Family Discipleship Ceremony. I looked at the top of the stairs and no sign of Chris. She had been left behind when I stepped up. As She had not remembered the subway ticket, I passed and she stayed to buy hers. At that moment, I remembered the legendary adventure on the Barcelona trains with Si Fu and Claudio. Now there I was, on the other side of the story. I thought for half a second to go and leave Chris if the train left, but I thought it would be an over-expected experience for the Siu Nim Tau Domain. At that moment, I watched as Chris started down the stairs, and I reflected that I should adjust the experience to her moment in the Ving Tsun System. So, leaning against the wall of one of the carriages, we made a brief post-event of what had happened so far, and prepared for what would follow.
(Com minha To Dai Chris Chagas na noite do mesmo dia já em outro evento)
(With my To Dai Chris Chagas, at night in meeting event on the same day)

Quando descemos na estação Cinelandia, Chris já conseguia me acompanhar mais de perto, e nos dirigimos com firmeza para o local do evento. Estava atrasado , e decidido a chegar o quanto antes. 

When we got off at the Cinelandia station, Chris was already able to follow me closer, and we walked steadily to the venue. We were late, and I was determined to get there as soon as possible.
(Na foto , observo os Líderes da Família Moy Ke Lo Si fazendo os procedimentos cerimoniais)
(Thats me watching the Ke Lo Si Family Leaders doing the Ceremonial Procedures)


Quando finalmente chegamos, percebi que Si Suk Queiroz havia postergado o início da Cerimônia em alguns minutos em função de meu atraso. E como já estavam todos à postos, os procedimentos cerimoniais rapidamente começaram.
De fato, não existe a figura de uma "Testemunha Honorável" formalmente falando , segundo os procedimentos de nossa organização. Mas notei que havia uma cadeira reservada para mim, próxima ao "Sam Toi" (mesa ancestral).
Um Si Fu costuma dizer que seu maior patrimônio é a Família Kung Fu, e prestes a me sentar ali. Após toda a correria para chegar, procurei me organizar internamente , para contribuir com dignidade com para honrar a posição que me foi ofertada.

When we finally arrived, I realized that Si Suk Queiroz had delayed the start of the Ceremony in a few minutes because of my delay. And since they were all ready, the ceremonial procedures quickly began.
In fact, there is no form of an "Honorable Witness" formally speaking, according to our organization's procedures. But I noticed that there was a chair reserved for me, next to the "Sam Toi" (ancestral table).
A Si Fu usually says that his greatest asset is the Kung Fu Family, and about to sit there. After all the rushing to arrive, I tried to organize myself internally, to contribute dignity with to honor the position that was offered to me.

(Marcelo Azevedo, o primeiro a realizar o Baai Si naquela manhã. Observa seu Si Fu bebendo o chá que ofereceu. Ao seu lado, o seu irmão Kung Fu Eduardo Esteves)

(Marcelo Azevedo, the first to perform Baai Si that morning. He watches his Si Fu drinking the tea he offered, along with his Kung Fu brother Eduardo Esteves)



Dudu, Lamarão, Jorge,e tantos outros "Primos Kung Fu" que tanto gosto estavam por lá. Como sempre, eles trouxeram através de suas palavras, todo o carinho que tem uns pelos outros. Além disso, essas palavras honestas, demonstram a relação próxima que eles mantém entre si. Algo deveras inspirador.
Azevedo, o primeiro a oferecer chá para o Si Suk Queiroz, lembrou-se de agradecer não só a seu Si Fu pela oportunidade, mas também a sua Si Mo. A figura de sua esposa, que estava presente, também foi lembrada como grande incentivadora de seu processo.
Assim, registra-se a importância destas figuras.

Dudu, Lamarão, Jorge, and so many other "Kung Fu Cousins" I like so much were there too. As always, they brought through their words, all the affection they have for each other. Moreover, these honest words demonstrate the close relationship that they hold with each other. Something really inspiring.
Azevedo, the first to offer tea to Si Suk Queiroz, remembered to thank not only his Si Fu for the opportunity, but also his Si Mo. The figure of his wife, who was present, was also remembered as a great incentive of his process.
Thus, the importance of these figures is recorded.
Minha querida Si Suk Mo Flavia Bambrilla, que é esposa de Si Suk Queiroz e Si Mo da Família Moy Ke Lo Si.  Observa atentamente o momento em que Azevedo entrega o "Hung Baau" a seu Si Fu, em agradecimento pelo aceite do chá.
Uma "Si Mo", não necessariamente precisa ser uma praticante para ser respeitada. E , à grosso modo no caso de nossos companheiros, como a esposa do Azevedo. Ela não precisaria nem incentivar ou apoiar abertamente a trajetória de seu esposo.
François Jullien, em sua obra "Figuras da Imanência" (Figures de L'immanence - Pour une lecture philosophique du Yi King, 1993), diz que:  "... É próprio de um pensamento preocupado com a transcendência procurar explorar o outro do outro (quer dizer, aquilo em que o outro é verdadeiramente outro e pode se constituir em exterioridade). Em contraste com essa abertura para o além , é próprio de um pensamento da imanência procurar valorizar, e fazer operar, tudo o que existe de mesmo no outro e que permite sua correlação..."

My dear Si Suk Mo Flavia Bambrilla, who is the wife of Si Suk Queiroz and Si Mo of the Moy Ke Lo Si Family. Watches carefully at the moment when Azevedo hands over the "Hung Baau" to his Si Fu, in thanksgiving for his tea.
A "Si Mo" does not necessarily need to be a practitioner to be respected. And, roughly in the case of our partners, as the wife of Azevedo. She would not need to either openly encourage or support her husband's trajectory.
François Jullien, in his book "Figures of Immanence" (Figures de L'immanence - Pour une lecture philosophique du Yi King, 1993), says: "... It is proper for a thought concerned with transcendence to seek to explore the other (that is to say, that in which the other is truly another and can be constituted in exteriority.) In contrast with this opening to the beyond, it is proper for a thought of immanence to seek to value, and to operate, all that exists of the same in the other and that allows its correlation ... "
Na cerimônia de "Baai Si", o chá deverá ser ofertado também à Si Mo caso haja uma, ou ao esposo de uma Si Fu. No caso desta figura ser uma mulher. Na foto acima, vemos o momento que após oferecer o chá a seu Si Fu, Leo Macedo, ladeado por seu irmão Kung Fu, o gentil Jorge Rocha. Observa sua Si Mo bebendo o chá.
Esse ato por parte dos líderes de uma Família Kung Fu, explicita simbolicamente, o compromisso assumido com o novo discípulo dali em diante, até o resto da vida e além.
Pode parecer estranho entender esse processo num primeiro momento se você não é de uma Família Kung Fu. Até porque, diante de um pensamento que é exterior tanto a nossos hábitos conceptuais como a nossas ações metafísicas mais comuns, é necessária uma assimilação pela aquisição de um costume que ultrapasse a mera compreensão. (Jullien, François. 1997). Assim, fica clara a importância do processo "Familiar" para favorecer o favorável que é a "Vida Kung Fu" como meio de acesso ao Sistema Ving Tsun.

At the "Baai Si" ceremony, the tea should also be offered to Si Mo if there is one, or the husband of a Si Fu. In case this figure is a woman. In the photo above, we see the moment that after offering tea to his Si Fu, Leo Macedo, flanked by his Kung Fu brother, the gentle Jorge Rocha. Watches his Si Mo drinking tea.
This act on the part of the leaders of a Kung Fu Family, symbolically explicit, the commitment assumed with the new disciple from then on, for the rest of life and beyond.
It may seem strange to understand this process at first if you are not from a Kung Fu Family. And because, in the face of a thought that is external to both our conceptual habits and our most common metaphysical actions, we need an assimilation by the acquisition of a custom that goes beyond mere understanding. (Jullien, François, 1997). Thus, it is clear the importance of the "Familiar" process to favor the favorable as "Kung Fu Life" as a means of access to the Ving Tsun System.

Após a Cerimônia, fomos almoçar num hotel próximo do Mo Gun da Família Moy Ke Lo Si. Tudo num clima muito agradável. Inclusive, me chamou à atenção quando Si Suk Queiroz acalmou Leo e sua esposa, pedindo que deixassem as crianças fazerem barulhos ao longo da Cerimônia. Ele falou que isso era ótimo.
Eu e Chris estávamos apenas começando nossa aventura... O "Capítulo 1" havia sido o café da manhã no Méier e a corrida para se chegar a tempo. O "Capítulo 2" a Cerimônia de "Baai Si"... E antes mesmo que este acabasse , uma nova aventura começava no metrô em direção ao Núcleo Copacabana... Mas esta, é uma história para um outro dia...

After the Ceremony, we went with Moy Ke Lo Si Family to a hotel for lunch. All in a very pleasant atmosphere. It even caught my attention when Si Suk Queiroz calmed Leo and his wife, asking them to let the children make noises throughout the Ceremony. He said that was great.
Me and Chris were just beginning our adventure ... "Chapter 1" had been breakfast at Méier and the race to get there in time. The "Chapter 2" was Ceremony of "Baai Si" ... And even before it ended, a new adventure began on the subway to the Copacabana School ... But this is a story for another day ...
Aproveito para dizer que no próximo Sábado teremos a titulação do Si Suk Ricardo Queiroz de Mestre "Classe Senior". Junto dele, na mesma Cerimônia, estará sendo também titulada a Mestra Ursula Lima, também minha Si Suk.
Estas são duas titulações muito especiais para o Ving Tsun do Rio de Janeiro, não só para à Linhagem Moy Yat, mas como um todo. Devido a excelência profissional destas duas pessoas. Sorte aos dois!

I would like to say that next Saturday we will have the titling of Si Suk Ricardo Queiroz to the "Senior Master" Class of MOy Yat Ving Tsun Martial Intelligence
. Together with him, at the same Ceremony, Master. Ursula Lima, also my Si Suk, will also be titled.
These are two very special titles for the Ving Tsun of Rio de Janeiro, not only for the Moy Yat Lineage, but as a whole. Due to the professional excellence of these two people. Luck to them!

The Disicple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@Gmail.com