PRATIQUE NO RIO: 21 99636988

sábado, 27 de outubro de 2018

ONE LAST GOODBYE TO SUGAYA (R.I.P 1992-2018.)


Nosso sol se pôs , nosso dia terminou, e eu estou aqui me perguntando: Este é o fim?  Estas são minhas palavras finais para você?
O dia virou noite e agora você se foi, eu estou aqui pensando: Isso é mesmo verdade?
Nós éramos um, nós éramos todos, nós éramos os únicos.  Nosso futuro cheio de esperança, nada poderia ficar no nosso caminho.  Mas os sonhos podem mudar, as visões se desfazem...
Então eu digo adeus...

Our sun has set, our day is over, and I'm here wondering: Is this the end? Are these my final words to you? The day turned night and now you're gone, I'm here thinking: Is this really true?
We were one, we were all, we were the only ones. Our future full of hope, nothing could stand in our way. But dreams can change, visions fall apart ...

So I say goodbye ...

Então isso é um adeus, e eu me despeço de você. Já pode abrir suas asas e você voará para longe agora. Voe para longe agora! Porque você sabe que nada na terra fica para sempre,mas nenhum dos seus atos foi em vão. Pois bem lá no fundo de nossos corações você viverá novamente. Você foi para a casa dos corajosos.

So this is goodbye, and I bid you farewell. You can already spread your wings and you'll fly away now. Fly away now! Because you know that nothing on earth stays forever, but none of your acts have been in vain. Well deep down in our hearts you will live again. You went to the house of the brave.

Cada momento solene eu vou valorizar dentro mim. Mesmo que seja difícil de entender, que um vento silencioso pode apagar aquela vela...Você até chama meu nome, mas sua voz está desaparecendo no vento, abraçado, você voará para longe agora, voe para longe agora! 

Every solemn moment I will treasure within me. Even though it's difficult to understand, that a silent wind can erase that candle ... You even call my name, but your voice is disappearing in the wind, embraced, you'll fly away now, fly away now!
Eu pensei ter visto seu rosto no sol da manhã. E eu pensei que você estivesse lá . Eu achei ter escutado sua voz quando o vento passou por mim silenciosamente, sussurrando meu nome. Tantas coisas que eu queria dizer , ficaram para sempre deixadas por dizer....

I thought I saw your face in the morning sun. And I thought you were there. I thought I heard your voice as the wind passed me silently, whispering my name. So many things I wanted to say, were forever left to say ....
Bem Sugaya, meu irmão Kung Fu mais novo. As palavras acima, são uma versão em prosa de várias letras da banda "Hammerfall" que você costumava ouvir em seu carro à caminho de Resende. Talvez , até mesmo as tenha escutado em sua última viagem para lá.
Tenho poucas e distantes memórias de você. Quase todas elas, tem o Luan Scliar junto ou o Guilherme coordenando a sessão de vocês.
Porém, o André Almeida, que também participou da Cerimônia na qual você foi admitido na Família em 2013. Falou muito sobre o quão "Humano" você demonstrava ser. Sobre o quanto, a prática de uma arte marcial, já não o despertava mais interesse. Mas sim, as relações que a "Vida Kung Fu" propunha como meio a se chegar até esta mesma arte, isso sim o encantava!
Porém, acho que melhor do que eu ou o próprio André para falarmos do quanto você era incrível, prefiro deixar suas próprias palavras encerrarem esta postagem, para que todos para sempre saibam, o grande apreciador da vida que você foi! E que nos deixa essa grande lição: De que a vida é como um sopro. E de que devemos vivê-la intensamente.

Well Sugaya, my younger Kung Fu brother. The words above, are a prose version of several lyrics of the band "Hammerfall" that you used to hear in your car on the way to Resende city, in the country side of Rio. Maybe you even listened to them on your last trip there.
I have few distant memories of you. Almost all of them have Luan Scliar together or Guilherme coordinating your Ving Tsun class.
But André Almeida, who also attended the Ceremony in which you joined the Family in 2013. He talked a lot about how "Human" you showed yourself to be. On how much, the practice of a martial art, no longer aroused you more interest. But yes, the relationships that "Kung Fu Life" proposed as a way to get to this same art, that enchanted you!
But I think it is better than me or Andre himself to talk about how incredible you were, I'd rather leave your own words to close this article, so that everyone knows forever, how much you loved and lived your life ! And that leaves us with this great lesson: That life is like a breath.

"...O salto #50 merce um espaço no rosto livre. Pode ser só um número, mas é um número que marca a minha evolução, não só no esporte, mas principalmente a minha evolução espiritual. Base Jump, pra mim, não é apenas saltar e curtir a farra. Ao meu ver, Base é um esporte onde todos os seus conflitos internos saem da sua mente e se refletem no seu corpo da maneira mais radical possível. É tão intenso, que quando tenho alguma pugna interna, o medo toma conta do meu corpo, é como se você estivesse derretendo em uma areia movediça, seus braços e pernas se congelam, seu coração dispara como se você fosse conversar com a primeira paixão da sua vida, etc.Todavia, quando você aprende a entrar em harmonia com o seu 'eu interior', você percebe que você consegue entrar em contato com tudo. Quando pratico esse esporte lindo e maravilhoso, eu sinto as cores, sinto o cheiro, sinto o tato, as pessoas, a natureza e consigo simplesmente ser grato por tudo aquilo que aconteceu de errado e tudo aquilo que aconteceu de certo na minha vida.
Bem ou mal, cada um de vocês que fizeram parte da minha vida, mesmo que por um dia ou outro, tiveram uma enorme influência na construção da pessoa que hoje sou, e tanto amo.
Só tenho a agradecer por todos os momentos que vocês já me proporcionaram e queria que soubessem que eu sou muito grato por ter tido vocês fazendo parte da minha vida.
Verdadeiramente, muito obrigado por terem feito parte da minha vida!..."
(Filipe Sugaya -  Membro da Família Moy Jo Lei Ou . 26 de Setembro de 2018)

"... Jump # 50 merits a space in the face free. It may be just a number, but it is a number that marks my evolution, not only in sports, but mainly my spiritual evolution. It is so intense, that when I have some internal conflict, I can not help but feel that I have a lot of problems in my body. Fear takes over my body, it is as if you are melting in a quicksand, your arms and legs freeze, your heart fires as if you were to talk to the first love of your life, etc. However, when you learn to enter in harmony with your inner self, you realize that you can get in touch with everything.When I practice this beautiful and wonderful sport, I feel the colors, I smell, I feel the touch, the people, the nature and I simply to be grateful for everything that happened wrong and everything that happened right in my life.
Good or bad, each one of you who were part of my life, even if for one day or another, had a huge influence on the construction of the person I am today, and I love so much.
I just have to thank you for all the moments you have given me and I wanted you to know that I am very grateful to have you as part of my life.
Truly, thank you so much for being part of my life! ... "

(Filipe Sugaya - Member of the Moy Jo Lei Ou Family. 26 September 2018)




The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@Gmail.com