PRATIQUE NO RIO: 21 99636988

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

SHE´S MAKING HISTORY: The first 8 years of the Kung Fu Family of Master Ursula Lima

Posso lembrar como se fosse hoje do hotel na Barra da Tijuca completamente cheio de pessoas felizes com a cerimonia de titulação de Mestre Classe "Qualificado" de Si Suk Ursula Lima (foto). Praticantes de diferentes épocas, ainda ativos na instituição e outros afastados, se dispuseram de coração, a presenciar aquele momento tão emblemático para uma pessoa que tanto nos marcou.
Eu estava nervoso, mais do que o normal. Havia recebido a honra, por convite de Si Suk Ursula, a entregar-lhe durante a Cerimônia, os três símbolos de legitimidade que compõem esse processo. Havia almoçado com Carlos Antunes em algumas oportunidades antes daquela noite, e pela milésima vez, comentava com ele: "Cara, e se eu derrubar alguma coisa?".

I can remember as if it were today from the hotel in Barra da Tijuca completely filled with people happy with the titling ceremony of Master Class "Qualified" of Si Suk Ursula Lima (photo). Practitioners from different times, still active in the institution and others away, were willing heart, to witness that moment so emblematic for a person who marked us so much.
I was nervous, more than normal. I had received the honor, by invitation of Si Suk Ursula, to deliver to her during the Ceremony, the three symbols of legitimacy that make up this process. I had lunched with Carlos Antunes a few times before that night, and for the thousandth time I would say to him, "Dude, what if I let something drop from my hands?"

Naquela mesma noite, sobre os símbolos de legitimidade(foto) , Si Gung comentou que antes não tinhamos certificados, não se tinha fotos, e a relação do Mestre e Discipulo comprovava a legitimidade de uma Família. Depois, Certificados e fotos passaram a ter esse papel. E hoje, com a facilidade de falsificação, estamos quase que voltando ao passado, onde talvez a maior prova da legitimidade de Mestra Ursula, tenha sido a presença de seu Si Fu e Si Mo nesta e em outras fotos, bem como, das testemunhas que estiveram presentes.

That same night, about the symbols of legitimacy (photo), Si Gung commented that before we had no certificates, no photos, and the relation of the Master and Disciple proved the legitimacy of a Family. Then Certificates and photos came to play that role. And today, with the ease of falsification, we are almost going back to the past, where perhaps the greatest proof of  Master Ursula's legitimacy was the presence of her Si Fu and Si Mo in this and other photos, as well as the witnesses who have been presente there.


Encostava-me em um dos lados do vagão do metrô, e podia ver minha imagem refletida na janela do lado oposto enquanto o trem viajava a toda velocidade. Em meus ouvidos, meus sempre presentes fones de ouvido brancos. Pois ainda não conseguira, seguir a sugestão de Si Fu , e refletir sobre eu sempre estar ouvindo músicas.*
Estava indo buscar Si Fu, Marcia e Julinha em sua residência na Barra da Tijuca, para a celebração dos oito anos da Família Moy Lin Mah, que é liderada por minha Si Suk Ursula Lima e seu marido Ricardo Lopes, que aconteceria em Copacabana, exatamente a origem de minha viagem .

I would lean against one side of the subway wagon, and I could see my image reflected in the window on the opposite side as the train traveled at full speed. In my ears, my always present white headphones. Because I still have not been able to follow Si Fu's suggestion, and think on me always listening to music. *
I was going to get Si Fu, Marcia and Julinha at his home in Barra da Tijuca, for the celebration of the eight years of the Moy Lin Mah Family, which is led by my Si Suk Ursula Lima and her husband Ricardo Lopes, to be held in Copacabana exactly the origin of my trip.
(Auxiliando Si Gung durante sua palestra no auditório do Shopping Rio Sul.
 Grande honra na noite de Sexta!)

(Assisting Si Gung during his lecture at the Rio Sul Mall's Auditorium. 
Great honor on Friday night!)


Ainda refletia sobre a palestra de Si Gung na última Sexta com o título “Tomada de Decisão”. Promovida pelo Núcleo Copacabana no Shopping Rio Sul, Zona Sul do Rio de Janeiro.  Dentre tantos pontos relevantes naquela palestra, Si Gung falou sobre a ideia de que por fim, não é o estrategista quem toma a decisão , mas o próprio cenário lhe indica, através de indícios imperceptíveis aos olhos comuns, qual caminho seguir.

I still thought about Si Gung's lecture last Friday with the title "Decision Making." Promoted by the MYVT Copacabana School in Shopping Rio Sul, South Zone of Rio de Janeiro. Among so many relevant points in that lecture, Si Gung spoke about the idea that in the end, it is not the strategist who makes the decision, but the scenario itself indicates to him, through imperceptible indications  to the common eyes, which way to go.
(Ajudando Si Suk Ursula na demonstração que iniciara a sua carreira na Zona Sul do Rio)

(Helping Si Suk Ursula in the demonstration that began her career in the South Zone of Rio)

Tomei algumas muitas decisões equivocadas ao longo de minha vida, e por isso, aquela palestra mexera tanto comigo.  O trem parou na Estação Jardim de Alla em Ipanema, e me lembrei do Espaço Manas, onde Si Suk Ursula começou. Em determinado momento, o cenário requisitava que ela migrasse para um espaço próprio, o futuro Núcleo Copacabana. E assim, ela o fez. O resto, se tornara uma incrível história de oito anos até ali.

I made a lot of misguided decisions throughout my life, and that was why the talk had moved so much with me. The train stopped at Alla Garden Station in Ipanema, and I remembered the Manas Studio, where Si Suk Ursula started. At one point, the scenario required that she migrate to her own space, the future Copacabana School. And so she did. The rest had become an incredible eight-year history until then.
(Público atento para a palestra que ocorreu no Rio Sul "Tomada de Decisão" )
(Audience attentive to the lecture that occurred in the Rio Sul´s Auditorium about  "Decision Making")


Lembrei-me de Si Fu, quando diz que devemos fazer o melhor com o que tivermos, e não nos lamentarmos pelo que poderia ser feito. E talvez essa , seja uma das vantagens de ser um Si Fu, pois seus To Dai com suas dinamicas demandas, o levam a se mover em frente a todo o momento. Sem muito tempo para lamentar. Não por mérito próprio apenas, mas principalmente por esses mesmo To Dai.
Cheguei a estação Jardim Oceanico e fui na direção onde o carro de minha To Dai se encontrava. Entrei nele e fui seguindo em direção à casa de Si Fu. No meio do caminho, achei que seria interessante pedir um “Uber”, pois dessa forma, poderíamos conversar com mais tranquilidade ao longo do trajeto.  Mal sabia eu, que ouviria uma das frases mais impactantes de Si Fu nos últimos tempos no trajeto de ida.

I remembered Si Fu, when he said that we should do our best with what we have, and not regret what could be done. And maybe this is one of the advantages of being a Si Fu, because your To Dai with their dynamic demands, lead you to move forward all the time. Not much time to mourn. Not by self-worth alone, but mainly by these same To Dai.
I got to the Oceanic Garden station and went in the direction where my To Dai car was. I walked in and headed for Si Fu's house. In the middle of the way, I thought it would be interesting to ask for a "Uber", because in this way, we could talk more peacefully along the way. Little did I know, that I would hear one of Si Fu's most striking phrases in the last few days on the way.
(Com Si Fu e sua companheira Marcia Moura no salão onde ocorreu o evento)
(With Si Fu and his girlfriend Marcia Moura in the hall where the event took place)

Um pacato motorista de Uber dirigia em silêncio na noite daquele Sábado, e no banco de trás estavam : Marcia, Julinha e Si Fu. Eu estava no banco do carona voltado para trás , ouvindo atentamente cada palavra de Si Fu. Com sua mão esquerda ele segurava aquele apoio para mãos que fica sobre as janelas. Trajava um terno cinza claro, e com as costas relxadas no encosto do banco, suas feições se escondiam sob as diferentes sombras e luzes que refletiam em seu rosto.  E foi na avenida Vieira Souto que após falarmos sobre diferentes tópicos, Si Fu indagou-me: “...Thiago, você faz ideia de quanto tempo já faz, que você já não tem mais o direito de ser ‘do seu jeito’?... –“Você tem noção disso?...” – Indagou-me novamente.
Aquela pergunta me tocou, e geralmente quando perco as palavras em alguma situação, simplesmente dou um sorriso. Fiquei pensando naquilo desde então.

A quiet Uber driver drove in silence the night of that Saturday, and in the backseat were: Marcia, Julinha and Si Fu. I was in the ride seat, listening intently to every word of Si Fu. With his left hand he held the palm rest on the windows. He wore a light gray suit, and with his back against the back of the seat, his face hid under the different shadows and lights that reflected on his it. And it was in Vieira Souto Avenue that after talking about different topics, Si Fu asked me: "... Thiago, do you have any idea how much time already have, that you no longer have the right to be 'on your own way'? ... Do you have any idea? "- He asked me again.

That question touched me, and usually when I lose my words in some situation, I just smile. I've been thinking about it ever since.
(Si Fu  gentilmente aceita posar comigo e minha To Dai Christiana Chagas)
(Si Fu kindly agrees to pose with me and my To Dai Christiana Chagas)

Descemos do carro no hotel ....   E logo no Lobby encontramos com meu Si Suk Felipe Soares e a sempre querida Elisa Wanderley. Ambos são os Líderes da Família Moy Fei Lap e queridos amigos. Si Suk trajava um elegante Tong Jong cinza e seu alinhamento me chamou à atenção.
Seguimos para o andar no qual aconteceria o evento. Nesse momento, nos encontramos com a dedicada Helena Carneiro, importante membro vitalício do Grande Clã Moy Yat Sang e  por conseguinte, da Família Moy Lin Mah. A fiel discípula de Mestra Ursula Lima, costuma se dedicar de coração a este tipo de celebração de sua Família, e naquela noite não fora diferente. O que me lembrou a frase: “Wherever you go, go with all your heart”. Angela Carvalho apareceu em seguida, Si Fu brincou com as duas, e adentramos o recinto. Após cumprimentarmos mais algumas pessoas, nos sentamos mais ao fundo para tratar de um tema da Família Moy Jo Lei Ou que passava por mim.
.


We got out of the car at the hotel .... And right at the lobby we met my Si Suk Felipe Soares and the his wife Elisa Wanderley. Both are the Moy Fei Lap Family Leaders and dear friends. Si Suk wore an elegant gray Tong Jong and his alignment caught my eye.
We went to the floor where the event would take place. At that moment, we meet the dedicated Helena Carneiro, an important lifetime member of the Grand Clan Moy Yat Sang and therefore of the Moy Lin Mah Family. She is Master Ursula Lima's faithful disciple who usually devotes herself to this kind of celebration of her Family, and tonight was no different. Which reminded me of the phrase "Wherever you go, go with all your heart". Angela Carvalho appeared then, Si Fu joked with the two, and we entered the place. After greeting some more people, we sat down further to address a theme of the Moy Jo Lei Ou Family that passed by me.

(Com os queridos Si Suk Felipe e sua esposa Elisa. Sempre 
bons momentos quando nos encontramos!)

(With dear Si Suk Felipe and his wife Elisa. Always good times when we meet!)


Sentei-me à mesa ao lado de Si Suk Domenico, sempre elegante em suas vestimentas de cores claras, e de frente para Si Suk Felipe e Elisa. Entre o momento em que começamos a nos servir no Buffet e quando nos sentamos para comermos. Rimos bastante com histórias engraçadas, mas também aproveitei meu Si Suk Felipe para entrar em temas relevantes para mim naquele momento , fazendo uso de sua experiência. Isso gerou um café da manhã onde apenas nós dois estávamos , poucos dias depois. Mas essa é uma outra história....

I sat at the table next to Si Suk Domenico, always elegant in his light-colored suit, and facing Si Suk Felipe and Elisa. Between the time we started serving ourselves in the Buffet and when we sat down to eat. We laughed a lot with funny stories, but I also took advantage of my Si Suk Felipe to get into topics relevant to me at that time, making use of his experience. This generated a breakfast where only the two of us were, a few days later. But this is another story ....
(Foto emblemática com a querida Si Suk Ursula na noite em que sua 
Família Kung Fu completou 8 anos)

(Photo emblematic with dear Si Suk Ursula the night his Kung Fu Family completes 8 years)


As homenagens estavam para começar, pois Si Suk Ursula e seu marido Ricardo Lopes, chegaram juntos de Si Gung. Si Gung trajava um terno azul marinho muito bonito que tinha um caimento perfeito em seu corpo. Observei que todos os Mestres estavam muito bem vestidos, e pensei se minha própria vestimenta estava adequada. Lembrei-me de quando Si Fu fala que podemos fazer qualquer coisa com arte.

The tributes were about to begin, so Si Suk Ursula and her husband Ricardo Lopes arrived together from Si Gung. Si Gung wore a beautiful  blue suit that had a perfect fit on his body. I noticed that all the Masters were very well dressed, and I wondered if my own garment was fit. I remembered when Si Fu says we can do anything with art.

Helena tomou o microfone em suas mãos e deu início às homenagens com um vídeo muito poderoso para todos que assistiam. A música fora muito bem escolhida, a cuidadosa escolha das fotos divididas por ano, e uma feliz locução que me remeteu a programas sobre ciência da TV Cultura, compunham aquele maravilhoso vídeo. E ainda que saiba que reclamar a autoria de algo não seja bem visto no “Mo Lam”, devo dizer que me senti de certa forma orgulhoso por ter contribuído minimamente com aquela produção.

Helena took the microphone in her hands and began the tributes with a very powerful video for all who watched. The song was very well chosen, the careful choice of photos divided by year, and a happy narration that referred me to science programs of the brazilian TV Cultura, composed that wonderful video. And even though I know that asking about the authorship of something is not well seen in "Mo Lam", I must say that I felt somehow proud to have contributed minimally with that production.

(Após o vídeo, eu e Helena ouvimos atentamente as palavras de André Villareal e Angela Carvalho)
(After the video, Helena and I listened attentively to the 
words of André Villareal and Angela Carvalho)

Resolvi ficar de pé antes de o vídeos terminar e Helena se aproximou. Trocamos um abraço e a parabenizei pelo vídeo. Isso , porque por algumas vezes trocamos informações sobre o vídeo quando ele ainda estava em pré-produção, e eu sabia de seu empenho para que ele ficasse pronto junto aos demais. 

I decided to stand before the videos finished and Helena approached. We exchanged a hug and congratulated her on the video. That's because sometimes we exchanged information about the video when it was still in pre-production, and I knew of her commitment so that it would be ready with the others.
Devo dizer que me emocionei algumas vezes ouvindo André e vendo ele de mãos dadas com Angela lá na frente. Quando comecei no Ving Tsun, me sentia um "Peixe fora d'água" no próprio Núcleo Jacarepaguá. Com o tempo, ao ingressar na Família Moy Jo Lei Ou, me senti acolhido e pude iniciar relações poderosas com pessoas como Silva, Antunes, Pamplona, Paula , Vlad, Roberto, Fernando, etc...   E fiquei ali olhando para aqueles dois, pensando que mesmo que não viva o dia a dia com eles, de alguma forma, suas palavras tocaram meu coração. Talvez essa proximidade com a Família Moy Lin Mah , seja explicada pela proximidade que tenho com Si Suk Ursula. 
Carinhosamente, os membros da Família Moy Lin Mah me chamam de "Si Hing", ainda que sejamos "Primos-Kung Fu". Nunca busquei se existe alguma nomenclatura para tal, mas tanto faz. Acho que "irmão" , pelo coração, é mais apropriado.

I must say I was moved a few times by listening to Andre and seeing him hand in hand with Angela standing in the front. When I started at Ving Tsun, I felt like a "fish out of water" at the old MYVT Jacarepaguá School itself. Over time, when I joined the Moy Jo Lei Ou Family, I felt welcomed and I was able to initiate powerful relationships with people like Silva, Antunes, Pamplona, Paula, Vlad, Roberto, Fernando, etc ... And I stood there looking at those two, thinking that even if I did not live day by day with them, somehow, his words touched my heart. Perhaps this closeness to the Moy Lin Mah Family is explained by the closeness I have with Suk Ursula.
Fondly, members of the Moy Lin Mah Family call me "Si Hing", even though we are "Kung Fu Cousins". I've never looked for any nomenclature for that, but whatever. I think "brother", by heart, is more appropriate.
Eu estava ouvindo as palavras de André e Angela, mas vez ou outra olhava na direção da Si Suk e de seu marido Ricardo Lopes (foto). Queria ver qual seria a reação deles a cada palavra. Por outro lado, sempre me emociono em ver os dois neste tipo de momento. É como se desse para assistir o filme que passa na cabeça deles. Nessas horas, lembro de quando Si Fu me disse que uma relação de verdade começa a ser contada a partir da primeira década, e não do primeiro mês. E por estarem juntos desde que se ouvia música em fitas K-7, Si Suk Ursula e Ricardo, podem dizer que tem uma relação de verdade.

I was listening to André and Angela's words, but sometimes I was looking in the direction of Si Suk and her husband Ricardo Lopes (photo). I wanted to see what their reaction was to each word. On the other hand, I always get moved to see them both in this kind of moment. It's as if you could watch the movie that goes through their heads. At these times, I remember when Si Fu told me that a real relationship begins to be told from the first decade, not the first month. And because they have been together since they heard music on K-7 tapes, Si Suk Ursula and Ricardo, they can say that they have a real relationship.


(Ao fundo, Si Gung discursa após todos os outros Líderes presentes 
naquela celebração. Em primeiro plano, ouço suas palavras com atenção.)

(In the background, Si Gung addresses after all the other Leaders present
in that celebration. In the foreground, I listen to his words carefully.)

Si Gung ao tomar o microfone, fez algumas observações muito pertinentes sobre quando algo se inicia de fato. Inclusive, citando a importância de figuras como o Sr Jucelito Wainer e meu próprio Si Fu nesse processo do Ving Tsun no Rio de Janeiro. Também falou sobre o que tange a "responsabilidade", dizendo que ela deve ser um compromisso de todos nós. Também falou em tornar a Família Kung Fu em algo mais do que uma mera formalidade, mas sim, completamente funcional.

Si Gung while taking the microphone, made some very pertinent observations about when something really starts. Including, mentioning the importance of figures such as Mr. Jucelito Wainer and my own Si Fu in this process of Ving Tsun in Rio de Janeiro. He also talked about what "responsibility" is all about, saying it must be a commitment from all of us. He also talked about making the Kung Fu Family something more than a mere formality, but rather, completely functional.
(O Clã Moy Jo Lei Ou presenteia a Família Moy Lin Mah através de sua Líder.)
(The Clan Moy Jo Lei Ou presents the Moy Lin Mah Family through its Leader.)

É... Algumas noites são tão especiais, que parecem aqueles livros que nos lamentamos antes mesmo de acabar, pois sabemos que em algum momento , aquela incrível leitura terá fim. E era assim que me sentia a cada minuto que passava naquela noite.
Até ali, haviam sido dois dias muito especiais, que me inspiraram também, a tomar algumas decisões. Percebi que não podemos apenas "falar" sobre algo que queremos fazer, ser ou viver. Nem ao menos "Fazer" é o suficiente. Precisamos nos "comportar" com essa natureza, de forma que ela se manifeste através de nós a cada ato. E vendo meu próprio Si Fu, Si Suk Ursula e Si Gung com tamanho exito, decidi que existe um outro nível de humanidade que quero alcançar.

Yeah ... Some nights are so special, they look like those books that we regret before we even end, because we know that at some point, that incredible reading will end. And that was how I felt every minute of it that night.
So far, it had been two very special days, which also inspired me to make some decisions. I realized that we can not just "talk" about something we want to do, be, or live. Not even "Doing" is enough. We need to "behave ouserlves" with this nature, so that it manifests through us to every act. And seeing my own Si Fu, Si Suk Ursula and Si Gung with such success, I decided that there is another level of humanity I want to achieve.


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com