PRATIQUE NO RIO: 21 99636988

domingo, 15 de julho de 2018

ZERO TO HERO:THE INTRODUCER OF MOY YAT VING TSUN IN AFRICA

(Guilherme posa com Si Fu em foto tradicional . Vestindo o 
traje presentado a ele por Si Fu momentos antes, na véspera de sua partida.)


(Guilherme poses with Si Fu in a traditional photo.
Wearing the clothes presented to him by Si Fu moments before, on the eve of his departure.)

Quando assistimos um filme de um herói ocidental, possivelmente sua vestimenta vai salientar ainda mais sua estrutura física para que fique claro o quão poderoso ele é. Quando esse herói sai para "defender o dia", ele luta contra vilões que de alguma forma, tentam provocar as pessoas comuns. 
O chamado Jing Hung (Ying Xiong 英雄 ), ou seja, o "Herói"segundo a lógica chinesa. Muito pelo contrário, quanto mais poderoso é, mais "low profile" ele será. Desde suas vestimentas até seu jeito de ser, em nada vão denotar que ele é capaz de lutar ou de grandes feitos. Um "Herói"[Jing Hung (Ying Xiong 英雄 )] ,não sai atrás de vilões. Ele se dedica a se melhorar como ser humano a cada instante, e assim, nunca precisará lutar. 

When we watch a movie of a Western hero, possibly his costume will emphasize his physical structure even more so that it becomes clear how powerful he is. When this hero goes out to "defend the day," he fights villains who somehow try to harm ordinary people.

The so-called Jing Hung (Ying Xiong 英雄), that is, the "Hero" according to Chinese logic. Quite the contrary, the more powerful this "Hero" is, the more "low profile" he will be. From his clothes to his way of being, nothing will denote that he is capable of fighting or of great deeds. A "Hero" [Jing Hung (Ying Xiong 英雄)], does not go after villains. He is dedicated to improving himself as a human being at every moment, and thus, he will never have to fight.
"Grama" se escreve  " 艹 ".
"Grass" is written as  " 艹 "

Jing (Ying 英) de "Jing Hung (Ying Xiong 英雄 )" ou "Herói", pode significar "Herói". Isso pode ser entendido, quando observamos que este ideograma, tem como radical  " 艹 " ("Cao" lê-se "Tsao".) que significa "grama". Se olharmos com atenção para este radical , observaremos que se tratam de duas lâminas saindo do solo  " 艹 ". As lâminas não estão aparentes, elas estão por debaixo da superfície. 
O segundo ideograma  Hung (Xiong 雄) pode significar "Herói" também. Então não é como se "Jing Hung (Ying Xiong 英雄 )" significasse "Herói-Herói". Acontece que o erudito que montou essa palavra, usou dois ideogramas de mesmo significado, mas com naturezas complementares. Desta forma, Hung (Xiong 雄), carrega o radical 隹 Zeoi (Zhui) que significa "pássaro  com cauda curta". Reforçando exatamente a ideia deste " Herói Chinês" ["Jing Hung (Ying Xiong 英雄 )" ] que não aparenta o que de fato é.

Jing (Ying 英) of "Jing Hung (Ying Xiong 英雄)" or "Hero", can mean "Hero." This can be understood, when we observe that this ideogram, has as radical "艹" ("Cao" reads "Tsao".) Which means "grass." If we look closely at this radical, we will observe that they are two blades coming out of the soil "艹". The blades are not apparent, they are beneath the surface.

The second ideogram Hung (Xiong 雄) can mean "Hero" as well. So it's not like "Jing Hung (Ying Xiong 英雄)" meant "Hero-Hero." It turns out that the scholar who put together this word, used two ideograms of the same meaning, but with complementary natures. In this way, Hung (Xiong 雄), carries the radical 隹 Zeoi (Zhui) which means "short tailed bird". Reinforcing exactly the idea of this "Chinese Hero" [Jing Hung (Ying Xiong 英雄)] who does not appear to be what he is.

Quando Guilherme de Farias , que assim como eu, é discípulo de Mestre Julio Camacho enviou-nos a primeira foto da primeira prática do Núcleo Talatona da Moy Yat Ving Tsun Martial Intelligence, IM. em Angola. Todos ficamos muito felizes e até mesmo emocionados com o registro desta aula com o praticante Celso Manuel(foto), pois ela demarcava o início , de fato, da introdução do Ving Tsun no continente africano através da Linhagem Moy Yat.

When Guilherme de Farias, disciple of Master Julio Camacho as I am, sent us the first photo of the first practice of the Talatona Moy Yat Ving Tsun Martial Intelligence, IM School. in Angola. We were all very happy and even thrilled with the registration of this class with the practitioner Celso Manuel (photo), since it marked the beginning, in fact, of the introduction of Ving Tsun in the African continent through the Moy Yat Lineage.
Cada aula dada por Guilherme de Farias em solo angolano, representa os esforços conjuntos de diferentes pessoas , sendo a principal delas nosso Si Fu, para que ele tenha condições de estar ali. Isso não exclui os próprios méritos de Guilherme , que com sua impressionante resiliência diante às adversidades, confessou ter passado por uma violenta turbulência em seu voo rumo a Angola com as seguintes simples e sinceras palavras: "... Eu pensei: Bom, se o avião cair, pelo menos eu fiz o meu melhor. Estava bem forte a turbulência, mas preferi pensar que estava numa montanha russa. Foi gostoso (risos)..."

Each class given by Guilherme de Farias  in Angolan soil, represents the joint efforts of different people, the main one being our Si Fu, so that he could be there. This does not exclude Guilherme's own merits, who, with his impressive resilience to adversity, confessed to having suffered a violent turbulence on his flight to Angola with the following simple and sincere words: "... I thought: Well, if the airplane crash, I will know I did my best. I preferred to think that I was on a roller coaster ... It was nice (laughs) ... "
A impressionante estrutura criada por William Franco(foto), outro discípulo de Si Fu que reside em Angola desde o início dos anos 2000. É resultado de um processo visionário aliado a sua grande capacidade de transformar essas visões em realidade. Um processo muito parecido com o que Si Fu faz com as pessoas. Principalmente com seus "To Dai", como eu, William e Guilherme.

The impressive structure created by William Franco (photo), another disciple of Si Fu who has been living in Angola since the early 2000s. It is the result of a visionary process combined with his great capacity to turn these visions into reality. A process very similar to what Si Fu does to people. Especially with his "To Dai", like me, William and Guilherme.
Somente a inquestionável crença de Si Fu nas pessoas, é a forma com a qual explicamos o surgimento de tantas lideranças sob sua tutela desde o início de sua carreira em 1995 como Diretor de Núcleo. Sua habilidade de deixar espaços a serem preenchidos por aqueles que se apresentarem, e de se conectar profundamente com estas pessoas, independente das fraquezas que elas apresentem num primeiro momento. É o que faz com que seus "To Dai"("Alunos" ou "Seguidores") compartilhem a familiar sensação de que ele por muitas vezes acredita mais neles do que eles mesmos.

Only Si Fu's unquestioning belief in people is the way in which we explain the emergence of so many leaders under his tutelage since the beginning of his  career in 1995 as a MYVT School Director. His ability to leave spaces to be filled by those who present themselves, and to connect deeply with these people, regardless of the weaknesses they present at first. It is what makes his "To Dai"("Students" or "Followers") share the familiar feeling that he often believes in them more than they do.
E se somos levados a crer, que Guilherme de Farias é o "Herói" [Jing Hung (Ying Xiong 英雄 )] dessa história. Pode ser que seja, pode ser que não. Pode ser que seja qualquer uma das pessoas envolvidas diretamente nesse projeto. Pode ser, que seja até mesmo alguém que ainda nem nasceu em Angola ou qualquer outro país da África. O que importa , é que o "Herói" nunca se revele, pois no momento em que ele o fizer, ele se desintegrará do "todo". E nessa hora, as virtudes do Clã Moy Jo Lei Ou não estarão sendo representadas.
Por isso, começa aqui, uma história de "gramas" e "pássaros  de cauda curta". Uma história na qual caberá a Guilherme , mobilizar pessoas para se desenvolverem com excelência, com a habilidade de nunca aparentarem o que realmente são ou do que realmente são capazes. A não ser, que o cenário peça... Começa aqui, o Ving Tsun da Linhagem Moy Yat na África...

And if we are led to believe, that Guilherme de Farias is the "Hero" [Jing Hung (Ying Xiong 英雄)] of this story. It might be, maybe not. It could be any of the people directly involved in this project. It may be someonewho is not yet born in Angola or any other country in Africa. What matters is that the "Hero" never reveals himself, because at the moment he does, he will disintegrate from the "whole." And at that time, the values of the Moy Jo Lei Ou Clan will not be represented.
So start here, a story of "grasses" and "short-tailed birds." A story that will make Guilherme, mobilize people to develop themselves with excellence, with the ability to never appear what they really are or what they really are capable of. Unless, the scenario asks ... Starts here, the Ving Tsun of Moy Yat Lineage in Africa...



The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com