PRATIQUE NO RIO: 21 99636988

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

5 Life Lessons from the Ving Tsun Master Julio Camacho

(Mestre Julio Camacho na porta da antiga sede mundial da Moy Yat Ving Tsun 
em Nova Iorque. A famosa "45 E. Broadway".)

(Master Julio Camacho at the door of the former world headquarters of Moy Yat Ving Tsun
in New York. The famous "45 E. Broadway".)

Hoje Mestre de Classe "Senior" de uma das maiores instituições de Ving Tsun do mundo, Si Fu tem um história de vida digna de muitos roteiros de filme! Só para se ter uma ideia, apenas por conta do Ving Tsun ele já visitou os seguintes países e regiões: E.U.A (talvez quase 40 visitas) , França, Espanha, Argentina, Angola, África do Sul, Rússia, China ,Hong Kong e Caribe.
Já esteve pessoalmente na última residência de Ip Man em vida entevistando seu filho mais novo, já visitou os Mo Gun, residência e túmulos de Mestres Lendários como Chan Wah Sun e Leung Jaan no sul da China. Já foi recebido por autoridades de Angola e sinologistas de renome como François Jullien. Além disso tudo, acompanhou seu próprio Mestre Leo Imamura em inúmeras viagens e esteve com o Patriarca Moy Yat incontáveis vezes: Visitando e o recebendo no Brasil.

Today, he is a Senior Class Master of one of the greatests Ving Tsun institutions in the world, Si Fu has a life history worthy of many movie scripts! Just to get an idea, just because of Ving Tsun, he has already visited the following countries and regions: USA (maybe almost 40 visits), France, Spain, Argentina, Angola, South Africa, Russia, China, Hong Kong and the Caribbean .

He has been personally in Ip Man's last residence while interviewed  his younger son, has visited the Mo Gun, residences and tombs of Legendary Masters such as Chan Wah Sun and Leung Jaan in southern China. He has already been received by Angolan authorities and renowned sinologists such as François Jullien. Moreover, he accompanied his own Master Leo Imamura on countless trips and was with Patriarch Moy Yat countless times: Visiting and receiving him in Brazil.

(Mestre Julio Camacho, ficou hospedado algumas vezes na residência do Patriarca Moy Yat junto de irmãos Kung Fu como Marcello Abreu. Um convite como esse requer um nível de proximidade muito grande entre Si Fu e To Dai, porém, ao se tratar do To Suen ou "Aluno de Segunda Geração" requer muito mais . A foto acima, na qual Si Fu posa pronto para dormir, com uma pintura de Patriarca Moy Yat de sua vila natal ao fundo, e inúmeras fotos de familiares no canto esquerdo, mostra bem essa proximidade entre ele e uma das maiores lendas da história do Ving Tsun graças ao intermédio de Grão-Mestre Leo Imamura, aluno do Patriarca Moy Yat  e Mestre do Mestre Senior Julio Camacho..)

(Master Julio Camacho, stayed a few times in the residence of the Patriarch Moy Yat with Kung Fu brothers like Marcello Abreu.An invitation like this requires a very great level of closeness between Si Fu and To Dai, but when it comes to To Suen , a second generation student, requires much more. The photo above, in which Si Fu is ready to sleep, with a painting of Patriarch Moy Yat from his home village in the background, and numerous photos of relatives in the left corner, shows this well. proximity between him and one of the greatest legends in the history of Ving Tsun thanks to the intermediary of Grand Master Leo Imamura, student of Patriarch Moy Yat and Master of Senior Master Julio Camacho ..)


Por conta desses e outros "features", para mim, que comecei aos 15 anos de idade na Família Kung Fu, pude crescer e me desenvolver como adulto, sob a tutela de meu Si Fu Julio Camacho. Ao longo desses anos, ele pôde acompanhar desde minhas dificuldades no Ensino Médio, passando pela minha primeira namorada, até minha formatura na faculdade e entrada atrapalhada no mercado de trabalho até me tornar profissional de Ving Tsun.
Aqui, cito cinco lições de vida que recebi de Si Fu ao longo desses 18 anos. Por favor, não as tomem como "As 5 mais importantes" . Sou incapaz de elencar algo assim, pois foram muitas. Também não esperem pela "Moral da história" (risos) , perderia toda a graça. Porém, espero que possam apreciar, inclusive a Lição Número 1, a mais difícil até hoje...

Because of these and other features, for me, who started at the age of 15 years old in the Kung Fu Family, I was able to grow and develop as an adult, under the tutelage of my Si Fu Julio Camacho. Over the years, he has been able to keep up with my difficulties in high school, going through my first girlfriend, my college graduation, and the embarrassing entry into the job market until I became a Ving Tsun professional.
Here, I quote five life lessons I have received from Si Fu over these 18 years. Please do not take them as "The 5 Most Important". I am unable to list something like this, because there were many. Also do not wait for the "Grand Finale" (laughs), would lose all funny. However, I hope you can enjoy, including Lesson Number 1, the most difficult one to date ...



Número 5: "Saia de casa!".
Number 5: "Leave your home!"




(Si Fu sempre gostou de participar de encontros nas casas dos membros de sua Família. Algo que traz um sentimento muito mais intimista e permite praticar o Kung Fu em ambientes mais diversificados. Na foto acima, toco para ele e os presentes, "Tempo Perdido" da banda Legião Urbana em um encontro na casa do músico Flavio Jesus, meu irmão Kung Fu.)

(Si Fu always likes to participate in Kung Fu Family members houses meetings, something that brings a much more intimate feeling and allows you to practice Kung Fu in more diversified environments.In the photo above, I play for him and the presents, "Tempo Perdido "of the brazilian band Legião Urbana(The greatest rock song in Brazil of all time) in a meeting in the house of music Flavio Jesus, my brother Kung Fu.)

Até meus 12 anos enfrentamos algumas dificuldades financeiras, mas a partir dali, meu pai conseguiu prover tudo que eu e minha irmã precisávamos . Então veja: Eu não tenho uma história triste para contar nesse aspecto. Porém, por alguma razão que não sei explicar, minha convivência com meu pai a partir dos 18 anos se tornou insustentável . Talvez ele tivesse muitas expectativas com relação a mim, e eu só ligava para artes marciais. E quando a situação já parecia sem saída, fui conversar com Si Fu. Sentei-me de frente para ele em seu escritório no Mo Gun da Avenida Nelson Cardoso, expliquei a situação e como sempre faz, Si Fu não dá um conselho daqueles que te consolam. Sua frase foi: "Acho que você deve sair de casa o quanto antes."  Aquilo me chocou profundamente . Si Fu comentou, que na "Cultura Clássica Chinesa" ,quando algo não é resolvido em uma geração, ela passa para a geração seguinte.- "Você quer isso para os seus filhos?" - Respondi que não. - "Então sai o quanto antes. Algumas relações precisam estar distantes para aproximarem da forma certa. "  - Foi apenas aos 28 anos, dez anos depois, que saí de casa. 

Until I was 12 years old we faced some financial difficulties, but from there my father managed to provide everything my sister and I needed. So you see: I do not have a sad story to tell in this respect. But for some reason I can not explain, my relationship with my father from the age of 18 became unsustainable. Maybe he had a lot of expectations about me, and I just care about martial arts. And when the situation seemed hopeless, I went to talk to Si Fu. I sat facing him in his office in the Mo Gun of Avenida Nelson Cardoso, explained the situation and as always, Si Fu does not give advice of those who comfort you. His sentence was, "I think you should leave home as soon as possible." That shocked me deeply. Si Fu commented, that in "Chinese Classical Culture," when something is not solved in one generation, it passes to the next generation.- "Do you want this for your children?" - I said no. "Some of the relationships have to be distant to get the right shape." - It was only at age 28, ten years later, that I left home.

Número 4: " Você só vai trocar ratos por garrafas"
Number 4: " You'll only change rats for bottles"
(Si Fu acredita muito nas relações duradouras dentro da Família Kung Fu. Por isso, você não o vê com ansiedade ou pressa. Na foto acima por exemplo, apesar de ter aprendido o Cham Kiu em 2001, apenas em 2006 mobilizei alguém pela primeira vez a fazer o "Chi Geuk" sob orientação de Si Fu. Esta pessoa era meu amigo de infância e irmão Kung Fu , Gil Batista)

(Si Fu believes in long-lasting relationships within the Kung Fu Family, you do not see him with anxiety or haste In the photo above, for example, despite learning Cham Kiu in 2001, only in 2006 did I mobilize someone for the first time to do "Chi Geuk" under the guidance of Si Fu.This person was my childhood friend and brother Kung Fu, Gil Batista)

Poucas pessoas sabem, mas trabalho desde os 18 anos no ramo de "Controle de Pragas Urbanas" . Comecei como uma espécie de "Baby Drive" da empresa, pois precisava dirigir e levar os funcionários aos locais e buscar encomendas sem perder a hora(risos) e depois fui executando outras funções. Em 2008 , estava numa crise muito grande. As coisas não iam bem em várias partes da minha vida. Com exceção do trabalho que realizava no Méier com Lucas, Raphinha e Rodrigo e minha relação com Si Fu e Si Suk Ursula, tudo desmoronava e eu pensei em pedir a um tio que mora em Pernambuco e tem uma ditribuidora de bebidas, para trabalhar com ele lá e me mudar de vez. 
Contei este plano para Si Fu dentro de seu carro numa noite de Sábado no estacionamento da antiga Sendas da Freguesia. Si Fu disse: "Bom Thiago, eu acho que não vale a pena. Você pode não estar vendo isso agora, mas estamos numa subida em seu processo. Você só vai trocar ratos por garrafas, mas se você realmente quiser ir, tem meu total apoio. E espero poder visitá-lo com minha família quando for lá." - Mais uma vez, Si Fu quebrava os paradigmas e apenas meses depois, no escritório do Mo Gun na sala 130, ele disse na presença da minha Si Mui Paula Gama: " Sabe o que acontece Paula? O Thiago não vai ser um bom biólogo, não vai ser um bom detetizador, não vai ser um bom professor..." - Si Fu prosseguiu: "Thiago vai ser Si Fu Paula. Um bom Si Fu." - Sete anos depois destes eventos, inaugurei minha Família Kung Fu.

Few people know, but I work since I was 18 with  "Urban Pest Control." I started as a kind of "Baby Drive" of the company, because I needed to drive and take employees to the sites and get orders without wasting time (laughs) and then I performed other functions. In 2008, I was in a very big crisis. Things did not go well in various parts of my life. With the exception of the work I did in Méier with Lucas, Raphinha and Rodrigo and my relationship with Si Fu and Si Suk Ursula, everything collapsed and I thought of asking an uncle who lives in Northwest of Brazil and has a beverage factory, to work with him there and change me for good.
I told this plan to Si Fu inside his car on a Saturday night in the parking lot of and old supermarket .Si  Fu said, "Well, Thiago, I do not think it's worth it. You may not be seeing this now, but we're on the rise in your process.You will only change rats for bottles, but if you really want to go, you have my full support I hope to visit there with my family when I go there. " - Again, Si Fu broke the paradigms and only months later, in the office of Mo Gun, he said in the presence of my Si Mui Paula Gama: "Do you know something Paula? Thiago will not be a good biologist , will not be a good pest control professional, will not be a good teacher ... "- Si Fu continued:" Thiago will be Si Fu Paula. A good Si Fu. " - Seven years after these events, I inaugurated my Kung Fu Family.

Número 3: "Você só não pode magoar ninguém"
Number 3 : " You just can not hurt anyone feelings"

(Ainda sobre eventos de integração, era muito comum nos encontrarmos em locais públicos nos finais de semana no início dos anos 2000. Si Fu dedicava mesmo os horários que poderia estar com sua Família para estar com a Família Kung Fu. Até hoje é assim.)

(Even on integration events, it was very common to meet in public places on the weekends in the early 2000s. Si Fu even dedicated the hours he could be with his Family to be with the Kung Fu Family. )

Quando se é tímido, a vida na adolescência pode ser muito difícil. Quando se é MUITO tímido, aí é realmente complicado (risos). Por várias vezes, meu primo me chamava em casa para alguma festa que eu não queria ir por timidez: "Vamos cara! Deixa de ser bicho-do-mato!" . Isso me atrapalhou muito, principalmente quando o assunto eram meninas. Si Fu , que me acompanhou desde essa época, certa vez estava sentado observando uma prática no Núcleo Jacarepaguá. Eu estava um pouco aflito, tinha terminado meu primeiro relacionamento com 19 anos. Oportunidades surgiam à frente, mas eu não sabia o que fazer. Si Fu me chamou perto dele. Parecendo ler minha mente, perguntou como andavam as coisas nesse quesito. Após colocar para ele os pontos, ele disse disse a inesquecível fala: "Thiago, faz o seguinte, me promete uma coisa? " - Respondi que "sim" com a cabeça. - "A partir de hoje, você vai ficar com todas as garotas que você conseguir, sem exceção.  Você pode fazer isso?" - Eu ri achando que era brincadeira e ele disse: "Eu tô falando sério. Só tem uma condição: Você nunca pode magoar nenhuma delas."
Fui embora pedalando minha Monark achando aquele um conselho muito estranho: "Acho que ele se enganou." - Eu esperava de um Mestre, um conselho mais "quadrado".
Naquele mesmo ano, apenas quatro meses depois, eu já tinha conseguido algo ainda melhor: Inúmeras amigas. Algo que eu não poderia sonhar um ano antes. Apesar de amar meus poucos e fiéis amigos homens, ter amigas mulheres como as queridas Amanda Costa e Larissa Alves, me rendiam muito mais conselhos e orientações acertadas (risos) , etc... E não precisava ficar ouvindo elas contando vantagem como meus amigos e conhecidos homens faziam.


When someone is shy, life in adolescence can be very difficult. When you're VERY shy, it's really complicated (laughs). On several occasions, my cousin would call me at home for a party that I did not want to go because I was very shy: "Come on, man! Stop being a recluse!" . This really messed me up, especially when it came to girls. Si Fu, who had accompanied me since that time, was once seated observing a practice at the Jacarepaguá School. I was a little distressed, had ended my first relationship at age 19. Opportunities emerged ahead, but I did not know what to do. Si Fu called me near him. Seeming to read my mind, he asked how things were going. After putting the points to him, he said  the unforgettable speech: "Thiago, do the following, promise me something?" - I answered that "yes" with the head. "From today on, you'll date all the girls you can, without exception. Can you do that?" - I laughed thinking it was a joke and he said, "I'm serious. There's only one condition: You can never hurt any of them."
I went away pedaling my Monark bike finding that a very strange advice: "I think he is wrong" - I expected from a Master, a more "obvious" advice.
That same year, just four months later, I had achieved something even better: Countless friends, but female ones. Something I could not dream of a year before. Although loving my few and faithful male friends, having female friends like the beloved Amanda Costa and Larissa Alves, gave me much more advice and guidance (laughs), etc ... And I did not have to listen to them telling advantage as my  male friends  did.



Número 2: " Quem é o Si Fu do Antunes?"
Number 2: "Who is Antunes' Si Fu?"

 (A foto acima, mostra os cafés da manhã de Sábado, da segunda metade da década de 2000. Praticantes que depois se tornariam Mestres, como Si Suk Felipe Soares, participavam para poder ter essa vivência com Si Fu. )

(The photo above shows the Saturday morning coffees of the second half of the decade of 2000. Practitioners who later became masters, such as Si Suk Felipe Soares, participated to be able to have this experience with Si Fu.)

Um dia estávamos desmontando o Mo Gun que ficava no Recreio mas que Si Fu chamava mesmo assim de Núcleo Barra. Eu estava sentado descansando em cima de umas tábuas e Carlos Antunes sentou-se do meu lado. Carlos, um querido irmão Kung Fu, disse em algum momento que iria se afastar da Família Kung Fu. Senti como se estivesse tomando um soco na barriga. Mais uma vez, não havia percebido a coisa acontecendo, e se você acha que o discurso de William Wallace foi bom no filme "Coração Valente"(Braveheart,1995), é porque você não viu o meu aquela hora. Falei  tudo que podia, mas a decisão de Antunes estava tomada. Porém, ainda havia uma chance, imaginei que quando ele falasse com Si Fu ele mudaria de ideia.
Estava praticando já no novo Mo Gun, de volta ao Bluesky na Barra, e Antunes entrou na sala de Si Fu. Eu fiquei do lado de fora, não podia ouvir nada por conta da porta fechada e dos vidros. Para minha surpresa, Carlos Antunes saiu de lá se despedindo e realmente iria se afastar. Entrei na sala de Si Fu antes que Antunes pudesse sair do Mo Gun e falei indignado algo como: "O senhor vai deixar o Antunes se afastar?" . Si Fu com tranquilidade me perguntou: "E o que você quer que eu faça?" -  "Fala com ele pra ele ficar!" - Disse eu já um pouco exaltado. Si Fu então me perguntou: "Pereira, quem é o Si Fu do Antunes?" - Me calei na mesma hora. E ele completou: "De vez em quando é bom confiar nas minhas decisões." - Si Fu ia se levantar mas eu insisti e ele sentou-se de novo: "Poxa Si Fu, o Antunes já fez muito pela Família, etc,etc..." - Si Fu então disse algo que nunca mais esqueci: "Pereira, você é muito questionador. Por isso mesmo, se fosse você falando que queria se afastar, talvez eu dissesse pra você ficar. Porque naturalmente você iria questionar meu pedido e talvez se afastasse depois disso. No caso do Antunes, ele não é questionador como você. Se eu falasse para ele ficar, ele ficaria sem pestanejar, e talvez sofresse com isso sem falar nada. Por isso, prefiro ficar neutro no caso dele. Prefiro perder um discípulo que gosto por um tempo, para ter ele melhor mais a frente." - Depois disso, a discussão estava encerrada.

One day we were moving from the Mo Gun that was in the Recreio but Si Fu called even as  Barra School. I was sitting resting on boards and Carlos Antunes sat beside me. Carlos, a dear brother Kung Fu, said at some point that he would move away from the Kung Fu Family. I felt like I was taking a punch in the belly. Again, I did not realize the thing was happening, and if you think William Wallace's speech was good in the movie "Braveheart" (1995), it's because you did not see mine that time. I told him everything I could, but Antunes's decision was taken. But there was still a chance, I figured when he talked to Si Fu he'd change his mind.
I was practicing in the new Mo Gun, back to Bluesky Building in Barra neighborhood, and Antunes entered Si Fu's room. I stood outside, could not hear anything because of the closed door and the windows. To my surprise, Carlos Antunes left and said goodbye and really would walk away. I entered Si Fu's room before Antunes could leave the Mo Gun and said indignantly something like, "Are you going to let Antunes leave?" . Si Fu calmly asked me, "And what do you want me to do?" - "Talk to him to stay!" - I said already a little exalted. Si Fu then asked me: "Pereira, whos Antunes´ Si Fu? " - I shut up at the same time. And he added: "Sometimes it's good to trust my decisions." - Si Fu would get up but I insisted and he sat down again: "Come on Si Fu! Antunes already did a lot for the Family, etc, etc ..." - Si Fu then said something I never forgot again: "Pereira If  were you who was talking about wanting to get away, maybe I would tell you to stay, because of course you would question my request and maybe move away after that. In the case of Antunes, he is not questioner as you.If I told him to stay, he would not blink to follow my request, and he might suffer from it without speaking. So I would rather lose a disciple I like for a while, to have him better in the future. . " After that, the discussion was over.



Número 1: "  Liga pra Ursula agora."
Number 1: "Call Ursula now"

(Si Fu foi responsável direto pela formação de quase todos os Mestres ativos no Rio de Janeiro. A foto acima é muito emblemática, pois destaca Si Fu com Si Gung, e os dois irmãos Kung Fu de Si Fu que se tornaram Líderes de Família no Rio, sob sua tutela abaixo da parede de Galeria de Mestres formados por Si Fu)

(Si Fu was directly responsible for the formation of almost all active Masters in Rio de Janeiro. The above photo is very emblematic, as it highlights Si Fu with Si Gung, and the two Si Fu Kung Fu brothers who became Family Leaders in the Rio, under his tutelage below the wall of Masters Gallery formed by Si Fu)

Si Suk Ursula Lima para mim é alguém muito mais importante do que consigo expressar em palavras. Sempre foi assim e sempre vai ser, por isso, essa foi a lição mais difícil de Si Fu.
Si Suk Ursula começou sua prática aos 16 anos sob a tutela de seu Si Hing Julio Camacho, meu Si Fu. Por conta disso, sua participação no Mo Gun de nossa Família foi muito grande. Si Suk Ursula no início era alguém que me cobrava pagamentos atrasados, depois passou a ser alguém muito especial em minha vida. Por isso, ao longo dos anos, ouvi frases de Si Fu como: "Pereira? Quantos Si Fu você tem ? Sabia que nem todo o email você precisa encaminhar pra Ursula?" . Só para se ter uma ideia, hoje esta página termina todas as postagens com uma foto minha e de Si Fu, porque houve uma época em que eu falava tanto dela, que pessoas de fora do país achavam que eu era seu To Dai.

Si Suk Ursula Lima for me is someone much more important than I can express in words. It was always like this and always will be, so this was Si Fu's most difficult lesson.
Si Suk Ursula began his practice at age 16 under the tutelage of his Si Hing Julio Camacho, my Si Fu. Because of this, her participation in the Mo Gun of our Family was very big. Si Suk Ursula at the beginning was someone who charged me late fees, then became someone very special in my life. So, over the years, I heard from Si Fu phrases like "Pereira? How many Si Fu do you have? Did you know that not all the email you need to send to Ursula too?" . Just to get an idea, today this page ends all the posts with a picture of me and Si Fu, because there was a time when I talked about her so much, that people from outside the country thought I was her To Dai.

(Enquanto trabalharam juntos no mesmo Mo Gun, meu Mestre Julio Camacho e Mestra Ursula Lima formaram uma parceria histórica. Essa parceria me influencia até hoje em meu trabalho) 

(While working together on the same Mo Gun, my Master Julio Camacho and Master. Ursula Lima have formed a historical partnership, which has influenced me to this day in my work)


Estávamos organizando a Visita Oficial de Si Gung em 2015 em conjunto com todos os Núcleos do Rio. Si Fu pediu-me que eu o representasse  e eu aceitei prontamente. O que não sabia, é que seria muito difícil. Precisava lidar com meus Si Suk de igual para igual, não porque quisesse, mas  porque não estava representando apenas a mim, mas o Si Hing deles e principalmente o Líder da Família Moy Jo Lei Ou.
De todas as negociações, as mais difíceis eram com a Si Suk Ursula. Tudo que ela falava, eu prontamente tendia a seguir como sempre fiz. Observando isso, numa manhã no Mo Gun, Si Fu após ouvir um de meus relatos de como estava a organização disse após me orientar : "Pereira, quando você for falar com a Ursula, chame ela de Ursula, sem Si Suk." - Eu abaixei o telefone e ri achando que ele estava brincando. Os demais pararam de fazer Chi Sau e olharam também achando que era brincadeira. Ele completou: "Liga pra Ursula agora , Pereira. Sem falar Si Suk". - Eu simplesmente , não conseguia digitar os números. Comecei a chorar e todos ficaram parados assistindo aquela cena. Si Fu parou tudo e esperou, quando me recompus ele pediu que ligasse novamente. Falei o nome dela tão rápido, que não era possível saber se havia falado "Si Suk" ou não. Nos falávamos muito por conta da organização, e mais tarde naquele dia , pela primeira vez em anos, precisei chamá-la de "Ursula" apenas. O peito apertou, mas precisava seguir o pedido de Si Fu. E assim foi até a Quinta-feira antes da Visita, quase um mês depois. Ela me convidou em sua casa para uma última reunião, mas eu já sabia do que se tratava. Ela comentou sobre o que estava acontecendo. Naquele momento precisei me segurar para não chorar e não entregar o pedido de Si Fu, que nada mais era do que uma mobilização para que eu pudesse olhar pra ela como um ser humano e não como a super-heroína e pudesse representá-lo adequadamente. Eu não entreguei e não chorei. Saí de lá com ela triste. Quando dobrei a esquina, aí sim, comecei a chorar. Liguei para o Si Fu e praticamente pedi para ele resolver o mal entendido. Nunca soube se ele o fez.
Anos mais tarde, no elevador do Mo Gun atual com Si Fu ele me perguntou: "Pereira, se eu precisasse que a Família Kung Fu tivesse um traidor, poderia ser você? " - Perguntou ele. - "Sim, Si Fu. " - Respondi.



We were organizing the Official Visit of Si Gung in 2015 together with all the Schools of Rio. Si Fu asked me to represent him and I accepted promptly. What I did not know, was that it would be very difficult. I needed to deal with my Si Suk on an equal basis, not because I wanted to, but because it was not just me, but I was representing the Si Hing of them and especially the Leader of the Family Moy Jo Lei Ou.

Of all the negotiations, the most difficult ones were with Si Suk Ursula. Whatever she said, I readily tended to follow as I always did. Watching this, one morning at the Mo Gun, Si Fu after hearing one of my reports of how the organization was saying after directing me: "Pereira, when you call to Ursula, call her Ursula, without Si Suk." I lowered the phone and laughed thinking he was joking. The others stopped doing Chi Sau and also looked at it as a joke. He added: "Call Ursula now, Pereira,without saying Si Suk." - I simply could not type the numbers. I started to cry and everyone stood watching that scene. Si Fu stopped everything and waited, when I recovered he asked me to call again. I spoke her name so fast, that it was not possible to know whether If I had spoken "Si Suk" or not. We talked a lot on behalf of the organization, and later that day, for the first time , I had to call her "Ursula" only. My chest tightened, but I had to follow Si Fu's request. And so it was until the Thursday before the Visit, almost a month later. She invited me into her house for a last meeting, but I already knew what it was about. She commented on what was happening. At that moment I had to hold myself so as not to cry and not deliver Si Fu's request, which was nothing more than a mobilization so that I could look at her as a human being and not as superhero and could properly represent him. I did not deliver and did not cry. I left with her sad. When I turned the street corner, there, I began to cry. I called Si Fu and practically asked him to solve the misunderstanding. I never knew if he did.

Years later, in the elevator of the current Mo Gun with Si Fu he asked me: "Pereira, if I needed the Kung Fu Family to have a traitor, could it be you?" He asked. "Yes, Si Fu" I answered
Então quando você entra no Mo Gun da Família Moy Fat Lei, você vê o quadro que Jaqueline posa ao lado do General Guan Gun. Esta imagem é o maior símbolo de lealdade da Cultura chinesa até os dias de hoje. Sejam policias ,bandidos ou qualquer pessoa, todos prestam reverência a ele para firmar acordos.
Este quadro , foi dado a Si Fu pelo Grão Mestre William Moy e mais tarde dado de presente a mim, segundo Si Fu falou publicamente, por esta característica da lealdade.

So when you enter the Mo Gun of the Moy Fat Lei Family, you see the picture that Jaqueline poses next about General Guan Gun. This image is the largest symbol in Chinese Culture about loyalty to the present day. Whether they be cops, thugs or anyone, everyone bows to him to make deals.
This picture was given to Si Fu by Grand Master William Moy and later given as a gift to me, according to Si Fu publicly speaking, by this characteristic of loyalty.
(Na imagem acima, Mestre Julio Camacho é homenageado publicamente por Grão-Mestre Leo Imamura no Rio de Janeiro, por todo o seu trabalho realizado neste estado de mais de vinte anos na época. que culminava naquela noite, na titulação dos dois primeiros Mestres de Décima Segunda Geração da Linhagem Moy Yat na América Latina, ambos seus alunos, dentre eles, eu.)

(In the image above, Master Julio Camacho is publicly honored by Grand Master Leo Imamura in Rio de Janeiro for all his work accomplished in this state of more than twenty years at the time, culminating that night in the titration of the first two Masters of Twelfth Generation of the Moy Yat Lineage in Latin America, both his students, among them, I.)


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com