PRATIQUE NO RIO: 21 99636988

sábado, 17 de junho de 2017

The Weak Point of a Master : Behind the title

Estive almoçando com Si Fu recentemente , e ele me disse algo bem interessante: Falou que "O Si Fu" é a figura treinada para tal. Comentou que fomos e somos apenas humanos na maior parte do tempo de nossas vidas, como no meu caso, segundo ele, que sou Si Fu há apenas 1 ano. Ele disse que a minha "parte humana" é muito mais rica do que a "parte Si Fu" nesse momento. Por isso, segundo ele, quando um Si Fu abre sua parte humana para um To Dai, é um momento muito especial.

I've been having lunch with Si Fu recently, and he told me something very interesting: He said that "Si Fu" is a trained figure for such. He commented that we were our "only human side" most of the time in our lives is what we have lived, as in my case, according to him, that I am Si Fu only 1 year. He said that my "human part" is much richer than the "Si Fu part" at this time. Therefore, according to him, when a Si Fu opens his human part to a To Dai, is a very special moment.
Quando recebi o meu "Jiu Paai"(foto) , esta placa que aparece na foto, que simboliza a autorização das gerações acima, no caso meu Si Fu e Si Gung , a abrir minha própria Família. Junto de uma placa como essa, junto de um Si Fu, vem muitas fantasias.

When I received my "Jiu Paai" (photo), this board that appears in the photo, which symbolizes the authorization of the previous generations, in this case: my Si Fu and Si Gung. To start my own Family. Within this board , next to a Si Fu, comes many fantasies by students.
Quem me conhece no Mo Lam sabe do quanto gosto de crianças. Agora que sou Si Fu, procuro me controlar um pouco..rs Mas a vontade sempre, é a de abraçar e apertar, como faço com a Julinha , filha mais nova de Si Fu na foto.

Who knows me inside Mo Lam knows how much I love children. Now that I am Si Fu, I try to control myself a little ..lol  But the will always is to hug and squeeze, as I do with Julinha, Si Fu's younger daughter in the photo above.
(Enforcando meus primos num encontro de Família).
(Squeezing my cousins during a family meeting)

Pouca gente sabe porém, que tenho uma irmã. chamada Anna Carolina, nasceu em 25 de Junho de 1991, Quando minha irmã nasceu, eu tinha somente 7 para 8 anos de idade, e talvez por isso, tenhamos brigado tanto.

Few people know though, that I have a sister.called Anna Carolina, born June 25, 1991, When my sister was born, I was only 7 to 8 years old, and maybe that's why we fought so hard.
(Com minha irmã recém-nascida em 1991 e eu com minha
 camisa do Robocop, meu herói favorito da época)
(With my newborn sister in 1991 and me in my Robocop shirt, my favorite hero at the time)

Certa vez, em 2007, cheguei em casa e meu pai estava caido num canto. A casa estava silenciosa, e eu mantive a calma , era um fim de tarde, e perguntei pela minha mãe. - "Sua mãe está no hospital com sua irmã e suas tias".- Disse ele. Fiquei bem nervoso na hora mas mantive a calma para perguntar o que tinha acontecido. Minha irmã havia contraído uma infecção gravíssima na orelha, devido a um piercing que estava usando. Segundo meu pai, não queria tirar mesmo no hospital. Até hoje, não sei a razão daquilo, mas me dirigi até lá.

One time in 2007, I got home and my dad was in a corner. The house was quiet, and I kept quiet, it was late afternoon, and I asked about my mother. "Your mother is in the hospital with your sister and your aunts,"-  he said. I was very nervous at the time but I kept my cool to ask what had happened. My sister had contracted a very serious ear infection due to a piercing she was wearing. According to my father, She did not want the piercing to be taken even at the hospital. To this day, I do not know why, but I went there.

(Ainda em 1991 com minha irmã recém-nascida. Aqui, apareço com uma das bicicletas do meu avô).
(Still in 1991 with my newborn sister. Here, I show up with one of my grandfather's bikes.)

Chegando lá, foram necessárias mais duas horas até que a colocasse no carro rumo ao estúdio de tatuagem onde ela teve um colapso e não queria subir de jeito nenhum. Naquele momento, diferente do que sempre fiz a vida toda e até hoje faço. Não lembrei do Si Fu, lembrei-me do meu avô- "O que meu avô faria?" - Pensei.
Finalmente depois de refletir por um momento, abri a porta do carro, puxei ela a força e a levei no ombro até o estúdio onde o rapaz retirou o piercing, voltamos ao hospital e ela foi tratada.

Arriving there, it took another two hours to get her in the car to the tattoo studio where she collapsed and did not want to go upstairs at all. At that moment, unlike what I've always done my whole life and until today I do. I did not remember Si Fu, I remembered my grandfather- "What would my grandfather do?" - I thought.
Finally, after thinking for a moment, I opened the car door, pulled she out hard and carried her over my shoulder to the studio where the boy removed the piercing, we went back to the hospital and she was treated.

(Com Julinha no colo com menos de 1 ano de idade.)
(With Julinha in my lap when she was under 1 year old.)

O tempo foi passando, e finalmente nosso avô morreu em Novembro de 2007. Minha irmã foi ao velório e chorou bastante. Mais do que imaginava, foi necessário que minha irmã Kung Fu Paula Gama fosse ao banheiro atrás dela para tentar acalmá-la. Aquela, foi a última vez que a vi sair de casa.
Hoje, minha irmã tem algo chamado "agorafobia", é uma espécie de fobia de lugares abertos. E por alguma razão, toda a sua frustração foi dirigida a mim, e não nos falamos desde então. E não faltaram tentativas.

Time passed, and finally our grandfather died in November 2007. My sister went to the funeral home and cried a lot. More than I imagined, it was necessary that my Kung Fu Sister Paula Gama to go to the bathroom behind her to try to calm her down. That was the last time I saw my sister outside house.
Today, my sister has something called "agoraphobia", it's kind of a phobia of open places. And for some reason, all her frustration was directed at me, and we have not spoken to each other ever since. And there was no lack of attempts.

(Foto tirada com zoom por um celular em 2008 na antiga Unidade Méier. 
Sentados da esquerda para a direita: Lucas Eustáquio, Raphael Caputo, 
Mateus e Rodrigo Caputo. De pé sou eu.) 

(Photo zoomed by a mobile phone in 2008 at the former Méier Studio.
Sitting from left to right: Lucas Eustaquio, Raphael Caputo,
Mateus and Rodrigo Caputo. I'm standing on my feet.)

Quis o destino, que eu fosse um dos principais tutores a trabalharem com crianças nos anos 2000 no Rio de Janeiro. E a cada demonstração de carinho recebida, a cada agradecimento, a cada brilho no olhar que captava de algum deles, me lembrava da minha irmã. Eu me via sendo eficiente nas relações com todos , menos com ela.

The destiny wanted to, that I was one of the main tutors working with children in the 2000's in Rio de Janeiro. And with every show of affection I received, every thankfulness, every glint in the gaze I caught from one of them, I remembered my sister. I found myself being efficient in relationships with everyone except with her.

(Minha irmã, assim como eu, sempre gostou de roller-blades)
(My sister used to like roller-blades too)

Até hoje, o mesmo impulso que me faz pegar uma criança no colo me traz também a lembrança que continuo falhando. Ainda não consegui ajudá-la a resolver esse problema. E posso dizer que esse é meu maior ponto fraco. Você pode me dar um tapa na cara, eu não vou mudar minha expressão, eu juro. Ser pego de surpresa por uma lembrança da minha irmã é a minha maior fraqueza.

To this day, the same impulse that makes me pick up a child on my lap also brings me the memory I keep failing with my sister. I still have not been able to help her solve this problem. And I can say that this is my greatest weakness. You can punch me in the face, I will not change my expression, I swear. But being taken by surprise by a memory of my sister is my greatest weakness.
(O Dia em que meu "Jiu Paai" começou a ser usado com a presença de Si Fu)
(The day my "Jiu Paai" was hang on te wall and started to be used with Si Fu)

Não sei bem a razão desta postagem pensando agora. Talvez , pelo fato do aniversário dela estar próximo e eu tenha que lidar com mais um ano de fracasso nessa empreitada tenha me trazido até aqui. Mas sabe de uma coisa? Recentemente Si Fu falou para mim, quando me percebeu sendo pessimista sobre uma situação: "Pereira, nós vamos fazer dar certo. Ou isso, ou a gente morre..."- Ele sorriu, depois me olhou sério e prosseguiu: "...Não existe a opção de dar errado. Porque enquanto estivermos vivos, nos vamos tentar. Se nós morrermos sem conseguir, então realmente não era possível..."

I'm not sure why I´m posting it , I´m thinking now. Maybe because her birthday is close and I have to deal with another year of failure in this endeavor has brought me here. But, you know what? Recently Si Fu said to me, when he noticed me being pessimistic about a situation: "Pereira, we're going to make it work, or we'll die ..." He smiled, then looked at me seriously and went on: ".. If we die without being able to, then it really was not possible ... "

The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com